Canal Profissionais da Saúde

Espaço exclusivo para os profissionais da área da saúde. As informações contidas neste canal são técnicas e podem ser interpretadas de forma incorreta por leigos.

Taxa alta de triglicérides sinaliza mudanças de comportamento


Quando este tipo de gordura está em excesso, é hora de rever alguns hábitos para evitar as doenças relacionadas

 

Alimentação adequada e manutenção de exercícios físicos já foram mais do que divulgados como formas de se ter uma vida saudável. A maioria da população está consciente sobre o que fazer para se obter uma saúde boa. Porém, entender o funcionamento do organismo é algo mais complexo. Dentre os diversos aspectos que podem afetar a “máquina humana”, um deles é o nível de triglicéride.

Os triglicérides são um tipo de gordura, composta de ácidos graxos e glicerol, encontrada no sangue. O corpo humano produz tal substância, mas ela também provém dos alimentos ingeridos, se estes possuírem gordura. Segundo o cardiologista Antonio Glorivaldo Valério de Almeida, cooperado da Unimed Sul Mineira, a função dos triglicérides é basicamente reservar energia para o organismo, e para isso constituem depósitos no tecido adiposo e muscular, além de promover a proteção térmica.

Ao mesmo tempo em que a medida certa dessa substância beneficia o corpo humano, se estiver em excesso na corrente sanguínea pode gerar aparecimento de doenças coronarianas, como aterosclerose precoce. Um índice saudável de triglicérides não deve ultrapassar 200mg/dl. Para detectá-lo, um exame de sangue específico é requerido pelo médico.

Agora, se o nível elevar, o indivíduo deve fazer dieta com restrição de carboidratos e de bebida alcoólica, praticar uma atividade física e, se estiver com excesso de peso, tentar perder alguns quilos. Medicamento também pode ajudar, em alguns casos.

A alteração da gordura acarreta a dislipidemia, ou seja, um aumento anormal na taxa de lipídios no sangue. “Certos medicamentos usados para a regulação dos triglicérides provocam, em alguns casos, hipotiroidismo e nefropatia crônica (doença ou lesão dos rins)”, afirma o cardiologista.

Fatores que potencializam o aumento

- dieta rica em carboidratos
- consumo de bebida alcoólica
- intolerância à glicose
- sedentarismo

Consequências dos elevados níveis

- doenças cardiovasculares
- aterosclerose

Como evitar o excesso de triglicérides

- reduzir os carboidratos
- reduzir o peso corporal
- restringir o consumo de bebida alcoólica
- iniciar uma atividade física, caso ainda não pratique
- medicamento receitado por um profissional da área

 

 

 

Este material foi produzido pela equipe de Comunicação da Unimed do Brasil e pode ser utilizado em todos os veículos de comunicação das cooperativas do Sistema, eletrônicos ou impressos.

Para solicitar esta imagem em alta resolução, basta encaminhar um e-mail para luissilva@cfd.unimed.com.br.








Por Palavra


Expressão (Título)


 
Voltar Voltar |  Versão do texto para impressão. Imprimir |  Recomende este texto para leitura. Recomendar |  Topo
 
Política de Privacidade | Favoritos | Indique este Site
Portal Nacional de Saúde - Unimed do Brasil
Copyright 2001-2014 Portal Unimed. Todos os direitos reservados
Agência Nacional de Saúde