Canal Profissionais da Saúde

Espaço exclusivo para os profissionais da área da saúde. As informações contidas neste canal são técnicas e podem ser interpretadas de forma incorreta por leigos.

Novo tratamento para Vitiligo
Segunda-feira 15 de Dezembro de 2008

 

 

Dr. Jefferson Alfredo de Barros é professor de Dermatologia da Faculdade de Medicina do ABC e coordenador do Ambulatório de Vitiligo

 

 



Um novo tratamento do Vitiligo foi desenvolvido na Faculdade de Medicina do ABC. No método, as manchas despigmentadas são raspadas, voltando a escurecer após três sessões de curetagem. O índice de sucesso é de 50%, enquanto outros tratamentos para vitiligo obtêm, em média, 30% de resposta. Conversamos com o Dr. Jefferson Alfredo de Barros, autor do estudo, sobre o novo método.


Portal Unimed - Como funciona o método criado pelo senhor?
Dr. Jefferson - Trata-se de método simples de ser executado. É realizada uma curetagem da superfície da pele até a formação de leve orvalho sangrante. No processo de regeneração da pele, ocorre a migração de melanócitos para o local. Novas sessões mensais podem ser realizadas. É importante salientar que houve a participação de outros profissionais no estudo, que foi a base de minha Dissertação de Mestrado, em especial meu orientador, o Prof. Dr. Carlos D`Apparecida Santos Machado Filho.

Portal Unimed - Como foi a descoberta deste método?
Dr. Jefferson - Nos tratamentos cirúrgicos já existentes de enxertia para vitiligo, normalmente utiliza-se um método de abrasão da pele acometida pela doença a fim de receber o enxerto da área doadora. Existem estudos mostrando que no processo de repitelização da pele após dermoabrasão ocorre a migração de melanócitos do folículo piloso para a área em regeneração. Baseado nessas informações avaliamos o efeito de uma seqüência de curetagens na pele afetada por vitiligo, com controle através de biópsias.

Portal Unimed - Qual o índice de sucesso alcançado nos pacientes que participaram do estudo?
Dr. Jefferson - Houve aumento significante do percentual de melanócitos e pigmentação nos controles histológicos. Ocorreu algum grau de repigmentação clinicamente visível em 50% dos pacientes após três curetagens (quatro meses de observação).

Portal Unimed - Este tratamento é indicado para todos os casos de vitiligo?
Dr. Jefferson - Não. Somente para os casos estáveis há pelo menos um ano.

Portal Unimed - O tratamento já vem sendo utilizado?
Dr. Jefferson - Serão realizados estudos associando a curetagem aos tratamentos clínicos convencionais, o que deve melhorar os resultados dos mesmos isoladamente.

Portal Unimed - Como os outros médicos dermatologistas podem tomar conhecimento deste tratamento para indicara aos seus pacientes?
Dr. Jefferson - Este artigo foi publicado nos Anais Brasileiros de Dermatologia em 2007. Também pode ser acessado no LILACS, Scielo, Bireme.
Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico científico do Portal Unimed Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico científico  do Portal Unimed
Política de Privacidade | Favoritos | Indique este Site
Portal Nacional de Saúde - Unimed do Brasil
Copyright 2001-2017 Portal Unimed. Todos os direitos reservados
Agência Nacional de Saúde