Canal Profissionais da Saúde

Espaço exclusivo para os profissionais da área da saúde. As informações contidas neste canal são técnicas e podem ser interpretadas de forma incorreta por leigos.

Unimed traz curso internacional de atendimento de emergência a vítimas com traumas


Item atualizado Quinta-feira 03 de Abril de 2008 Quinta-feira 03 de Abril de 2008

PHTLS é realizado pela USP em São Lourenço, para médicos e equipes de enfermagem da Unimed

  

Num país com estatísticas alarmantes de acidentes automobilísticos como o Brasil, o socorro rápido e eficiente pode fazer a diferença entre a vida e a morte das vítimas. Para atender emergências com vítimas politraumatizadas, são necessárias equipes profissionais e bem treinadas. Com este objetivo, a Unimed trouxe a São Lourenço no último final de semana, um treinamento especial para as equipes do Pronto Atendimento 24 horas e Remoção Terrestre, incluindo os médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e motoristas das UTIs móveis. Ao todo participaram 32 profissionais de São Lourenço e cidades vizinhas, além de bombeiros e um enfermeiro da Polícia Militar, que participaram como ouvintes.

O PHTLS (Suporte de Vida no Trauma Pré-Hospitalar) é um curso elaborado pelo Colégio Americano de Cirurgiões e Associação Nacional de Técnicos em Emergências Médicas dos Estados Unidos, realizado em 33 países. Só no Brasil são realizados 40 cursos de PHTLS por ano, através de três núcleos de instrutores. No Brasil, os cursos são coordenados pela USP, através de Renato Poggetti, responsável também pelo controle de qualidade do PHTLS no Brasil e na América Latina. Na América Latina, treze países realizam o curso, sendo 200 PHTLS/ano.

Segundo o Prof. Dr. Poggetti, que é também cirurgião e mestre da USP, os cursos de PHTLS fizeram grande diferença nos atendimentos de emergência nos últimos 20 anos. "Através de uma observação contínua, eu percebo que os pacientes que recebo hoje no Pronto Socorro são muito diferentes dos que recebia há 20 anos. Existem estudos que demonstram a redução de seqüelas e mortalidade das vítimas depois do estabelecimento de treinamentos". A evolução dos atendimentos de emergência é grande tanto na tecnologia quanto no profissionalismo das equipes. Para Poggetti, não se trata apenas de uma mudança de tecnologia, mas uma mudança de comportamento. "Se você tiver uma equipe bem treinada, com poucos recursos, que não custam muito, você consegue oferecer um ótimo atendimento", afirma Renato Poggetti.
 
Nos dois dias de curso, os alunos fizeram aulas teóricas e simulações práticas de atendimentos de emergência de acidentados em vias urbanas e domicílios. As aulas e as simulações ocorreram na Faculdade de São Lourenço. Alunos de Enfermagem da Faculdade foram maquiados como acidentados, o que tornou as cenas bem reais. Os instrutores marcavam o tempo e simulavam também a confusão dos populares nos locais de atendimento.

Após dois dias de curso, foi possível notar claramente a evolução dos grupos. "Nós vimos que os grupos que inicialmente estavam tendo dificuldades em fazer os atendimentos aos politraumatizados, sofreram uma evolução muito grande, agindo com maior velocidade e eficiência e, principalmente, trabalhando como equipe, o que é uma das finalidades do curso", afirma  José Márcio Ferrer, coordenador do Pronto Atendimento e Serviço de Remoção da Unimed Circuito das Águas.

"Nós, em São Lourenço, estamos tendo o privilégio e a oportunidade de trabalhar com um grupo extremamente competente, sob a direção do coordenador do PHTLS no Brasil e na América Latina e sua equipe", diz José Márcio. Ele afirmou que os contatos com a equipe da USP vão continuar para que haja uma atualização contínua dos profissionais através do Centro de Treinamento da Unimed.

Segundo Poggetti, após os cursos, é muito freqüente as pessoas se envolverem com os treinamentos, querendo se formar como instrutores. Para ele, essa vinculação de treinamentos e treinadores acaba gerando um controle de qualidade local.

Os participantes elogiaram muito o curso e toda a equipe, formada pelo  Renato Poggetti (diretor), Eduardo Nogueira (coordenador), Gustavo Feriani, Enfermeira Lídia Feriani, Enf. Maísa Santos, Enf. Walterli Conceição, Enf. Renata Gabrilli, Enf. Washington Andrade, Enf. Paulo Afonso, Enf. Sara Oliveira, e a secretária Elizabete Minami.




Mais informações:
Mônica Fernandes - Assessora de Comunicação
Unimed Circuito das Águas
(35) 8438-6122
E-mail:
imprensa@unimed-online.net



Fonte: Unimed Circuito das Águas.  Autor: Mônica Fernandes - Assessora de Comunicação .





Por Palavra


Expressão (Título)


Seja Cliente Unimed - Demais
 
Voltar Voltar |  Versão do texto para impressão. Imprimir |  Recomende este texto para leitura. Recomendar |  Topo
 
Política de Privacidade | Favoritos | Indique este Site
Portal Nacional de Saúde - Unimed do Brasil
Copyright 2001-2014 Portal Unimed. Todos os direitos reservados
Agência Nacional de Saúde