Para aumentar ou diminuir a visualização do conteúdo, segure a tecla "ctrl" e pressione + ou - no seu teclado.

Segure CTRL, aperte + para aumentar ou - para diminuir o tamanho da letra

Se preferir, use as teclas de atalho (acesskeys) para facilitar sua navegação:

  • No Internet Explorer segure "alt" mais a tecla desejada;
  • Em outros navegadores, segure "alt" + "shift" e a tecla correspondente.

Unimed - O melhor plano de saúde é viver. O segundo melhor é Unimed.

Ceratocone: Médico de Chapecó será destaque em evento internacional de oftalmologia

Marcos A. Bedin

04 Agosto 2010 -

Delso Bonfante , diretor da Clínica de Olhos Dr. Delso Bonfante

O médico chapecoense Delso Bonfante será um dos destaques da programação do “World Keratoconus Meeting” – um dos principais eventos internacionais de oftalmologia – programado para o período de 5 a 7 deste mês de agosto, em Ouro Preto (MG). O encontro reunirá 22 palestrantes internacionais e 30 palestrantes brasileiros para discutir o ceratocone, desde sua etiologia até as várias opções de tratamento clínico e cirúrgico. O público-alvo é formado por oftalmologistas gerais, residentes, especialistas em segmento anterior.

Delso Bonfante é diretor da Clínica de Olhos Dr. Delso Bonfante, onde atuam também os oftalmologistas Fernando Bonfante, João Artur e Alexandre Takahashi. Bonfante exerce oftalmologia há 20 anos, sempre dedicado a descobrir tratamento para o ceratocone. Palestrou em vários congressos no Brasil, é diretor técnico do Banco de Olhos de Chapecó, instalado no Hospital Regional. Realizou mais de 1000 cirurgias de ceratocone, sendo uma referência para esta doença no sul do Brasil.

Fernando Bonfante é médico oftalmologista especialista em córnea pela Santa Casa de São Paulo e, atualmente, é o responsável pelos transplantes da clínica e coordena os trabalhos de pesquisa e testes em tratamentos alternativos para ceratocone. Tem especialização em ceratocone e sua área de atuação é implante de anel intracorneano, crosslinking da córnea e suas associações, além do transplante de córnea.
No evento em Ouro Preto, Delso Bonfante proferirá quatro aulas “Combinação do anel intracorneano com crosslinking da córnea”, “Novas tecnologias em ceratocone (modelos de anéis usados na Clínica)”, “Tratamentos alternativos para ceratocone”; e “Resultados do crosslinking”.

Ceratocone é a chamada córnea torta que vai progressivamente destruindo a visão. Três métodos são utilizados para o combate/controle da doença. O implante de anel intracorneano (anel de Ferrara) que estabiliza a doença, aplana a córnea e melhora a visão; o crosslinking da córnea que é um tratamento feito com riboflavina e luz especial, para endurecer a córnea e evitar o transplante (tratamento só é indicado para ceratocone em fase inicial) e o transplante.
Todos os esforços dos estudiosos do ceratocone são para evitar ao máximo aos casos de transplante, pois as chances de algum tipo de rejeição são muito altas. Além disso, uma córnea transplantada tem entre 20 e 25 anos de vida útil, o que significa que os pacientes terão que passar por um novo transplante após esse período.

As principais dúvidas da comunidade científica são para quem indicar as tecnologias disponíveis, em quem irá funcionar e quais tecnologias que podem ser associadas.

 

Mais Informações:
Marcos A. Bedin
Assessoria de Imprensa - Unimed Chapecó
Telefone: (49) 3323-4244
E-mail: mb@mbcomunicacao.com.br

Fonte: Unimed Chapecó

Guia Médico

 
Acesse o Guia Médico Nacional Unimed no celular. Disponível nas lojas App Store e Google Play
Área restrita para colaboradores e cooperados:

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2014 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar