redes
redes

Use filtro solar

Taise de Queiroz Bertoldi

Nova recomendação da Academia Americana de Dermatologia é usar o fator de proteção solar 30

19 Novembro 2009 -

Sol, praia, calor...para aproveitar o verão com saúde e sem danos no final da estação, alguns cuidados são necessários, entre eles, o uso de filtro solar. Algumas pesquisas apontam que a maioria das pessoas aplica apenas de 25% a 50% da quantidade de filtro solar recomendada. Por causa disso, a Academia Americana de Dermatologia mudou a recomendação de uso do filtro solar com fator de proteção igual ou maior do que 15 para igual ou maior do que 30.

Isso não significa que o fator 15 não protege. Os testes feitos com esse grau de proteção utilizaram uma quantidade maior do que a utilizada pela população, que acaba ficando com grau de proteção menor. Segundo matéria publicada no site da Revista Veja, do dia 19 de novembro de 2009, a Sociedade Brasileria de Dermatologia (SBD) passou a seguir essa nova orientação também.

Na praia
Os danos dos raios ultravioleta são mais intensos no verão, mas mesmo em dias nublados podem causar danos à pele. Por isso, é importante tomar alguns cuidados extras nessa estação, principalmente quem se expõe muito ao sol, como na praia. Nesse caso, além de aplicar um filtro solar cerca de 15 a 30 minutos antes de se expor ao sol, a coordenadora da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele da SBD, Selma Cernea, chama a atenção para uma recomendação recente que é a de fazer uma nova aplicação do protetor solar assim que chegar à praia “para ter uma garantia de que toda a área que tem que ser coberta está bem protegida”.

Ela lembra que a reaplicação vai depender da transpiração e do contato com a água, mas que, em geral, “depois de três horas você já está com uma perda boa de proteção e tem que reaplicar”.

Confira mais algumas dicas para seguir na praia:
Usar chapéu, camisetas e óculos de sol;
evitar exposição solar entre 10h e 16h;
preferir barracas de praia de algodão ou de lona.

Raios solares
O raio UVA, que penetra na Terra durante todo o dia, é o principal responsável pelo envelhecimento da pele – o fotoenvelhecimento -, por rugas e manchas. Já o UVB, que incide entre 10h e 15h, causa queimaduras solares. Apesar de este ter maior potencial para causar câncer de pele, “ambos os raios são cancerígenos”, esclarece a dermatologista.

Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele

No dia 5 de dezembro, a Sociedade Brasileira de Dermatologia realiza a 11ª Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele. “Essa campanha visa diagnosticar o câncer de pele”, explica a coordenadora da campanha Selma Cernea.

Neste ano, o atendimento nos postos será das 8h às 16h, duas horas a mais do que nas outras edições. “Nós temos cerca de 175 postos que estarão disponíveis no Brasil todo”, explica Selma. Ela acrescenta ainda que as pessoas que forem aos postos no dia 5 de dezembro, fizerem o diagnóstico e apresentarem suspeita de câncer de pele serão encaminhadas para tratamento gratuitamente.


Resultado da enquete*

A nossa enquete perguntou qual o fator de proteção solar, entre os listados abaixo, as pessoas costumam usar no dia-a-dia. O resultado obtido foi o seguinte:
→ FPS 15 – 66 votos
→ FPS 30 – 233 votos
→ FPS 50 – 66 votos
→Não uso diariamente – 157 votos

* A enquete ficou no ar no período de 26 de outubro a 23 de novembro e não possui caráter científico.

Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), SBD – MG, Academia Americana de Dermatologia, Blog Lucia Mandel (Veja.com), matéria Verão: use protetor solar em dobro (site da Veja.com acessado no dia 19/11/2009).


Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.

Cadastre-se para receber o Boletim Viver Bem.

Arquivo

Veja todas as notícias de Qualidade de Vida.

Ver todas
Área restrita para colaboradores e cooperados:

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2020 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar