redes
redes

Dicas para dormir melhor

Rafaela Fusieger / Designer: Ana Carla Bortoloni

Se você costuma ter uma noite intranquila, com interrupções no sono, coloque em prática algumas atitudes para tentar resolver essa situação.

22 Fevereiro 2016 -
Um levantamento feito pelo Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente (IPOM) com dois mil brasileiros, com idades entre 20 e 60 anos, mostrou que 69% dos entrevistados consideraram seu sono ruim. Desse número, 25% apontaram dificuldade de pegar no sono, 36% mencionaram acordar e voltar a dormir durante à noite, e outros 36% afirmaram não conseguir manter o sono. Segundo especialistas, boa parte das queixas relacionadas ao sono podem estar associadas a hábitos inadequados. 

Separamos algumas atitudes que são essenciais para ter uma noite de sono tranquila. Se mesmo colocando-as em prática um ou mais dos sintomas abaixo ocorrerem com frequência, consulte seu médico para ajudar a encontrar a melhor solução para o seu caso: 

• Dificuldade para adormecer
• Sonolência excessiva durante o dia
• Histórico de cair no sono durante o dia, em horários impróprios
• Pesadelos ou pensamentos perturbadores que o mantêm acordado
• Dor, micção frequente ou outras sensações incomuns que o mantêm acordado
• Dificuldade para sair da cama de manhã
• Acordar várias vezes durante a noite

Fonte: Medline Plus (EUA) / Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente


Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.

Cadastre-se para receber o Boletim Viver Bem.

Arquivo

Veja todas as notícias de Qualidade de Vida.

Ver todas
Área restrita para colaboradores e cooperados:

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2016 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar