redes
redes

Prevenção

Buscar doenças

Ou realize uma busca direta com o nome que deseja encontrar:

  • V
  • Varicela


    O que é

    Causa

    Transmissão

    Sinais e sintomas

     Complicações

    Tratamento

    Prevenção

     

    Varicela ou catapora é uma infecção viral contagiosa caracterizada por erupções na pele e muito comum na infância. A doença é benigna e auto-limitada, ou seja, após um período ela desaparece sem necessidade de tratamento específico. Mesmo assim, é importante procurar um médico para fazer o diagnóstico correto.


    Causa - voltar ao topo

    O vírus Varicela zoster é o responsável pela infecção.

     

    Transmissão - voltar ao topo

    Um indivíduo doente pode transmitir a varicela através do ar ou pelo contato direto com as lesões na pele. O período de contaminação começa dois dias antes das manchas na pele aparecerem a vai até o surgimento da última lesão na pele. Por isso, o ideal é que as crianças com catapora só retornem ao colégio uma semana depois das feridas cicatrizarem.

    Principais sinais e sintomas - voltar ao topo

    Após um período de incubação de cerca de 15 dias, surgem as erupções na pele. Primeiro, na forma de bolinhas vermelhas elevadas que rapidamente evoluem para bolhas com conteúdo líquido. As bolhas provocam coceira pelo corpo e quando são rompidas causam uma ferida. A criança pode também manifestar febre e mal-estar.

    Complicações - voltar ao topo

    Deve-se evitar a automedicação. Uma das complicações da catapora, a chamada Síndrome de Reye (insuficiência hepática e coma), pode ser provocada pelo uso de ácido acetil-salicílico (AAS), presente em alguns medicamentos, quando a enfermidade já está instalada.

    Cuidados de higiene são necessários, principalmente com as unhas, para que as feridas não sejam porta de entrada para outros microorganismos.

    As complicações são mais comuns em pessoas com o sistema imunológico enfraquecido, adultos ou crianças menores de 1 ano de idade. São elas: encefalite (infecção do cérebro), miocardite (inflamação do músculo cardíaco) com um possível sopro cardíaco, inflamações nas articulações e no fígado e ainda pneumonia causada pelo vírus.

    Se a mulher contrair varicela quando estiver grávida, pode ocorrer a síndrome da varicela congênita. Nesse caso, é possível que a criança apresente baixo peso, cicatrizes cutâneas, alterações oculares, diminuição do tamanho dos membros (hipoplasia de membros), diminuição do córtex cerebral (atrofia cortical) e retardo mental. Um problema que ocorre em menos de 2% das crianças cuja mãe apresentou varicela na gestação.

    Tratamento - voltar ao topo

    O tratamento é sintomático, ou seja, para amenizar os sintomas. Recomenda-se que a criança infectada fique em casa para não transmitir a doença e use medicações para alívio da febre, do mal-estar e da coceira, sob orientação médica.

    Prevenção - voltar ao topo

    Para evitar a catapora, a forma mais eficaz é a vacina, que pode ser aplicada a partir do primeiro ano de vida. Adultos que não tiveram catapora na infância também devem tomá-la para evitar as complicações da enfermidade, mas gestantes não podem ser vacinadas.

    A vacina contra a catapora é oferecida apenas em clínicas particulares.

     

    Fonte: Fiocruz, Manual Merck e livro “A saúde de nossos filhos”, do Hospital Israelita Albert Einstein
    Autor: Mariana Mesquita
    Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico científico do Portal Unimed

Cadastre-se para receber o Boletim Viver Bem.

Arquivo

Veja todas as notícias de Prevenir.

Ver todas

Conheça

Área restrita para colaboradores e cooperados:

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2019 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar