redes
redes

Prevenção

Buscar doenças

Ou realize uma busca direta com o nome que deseja encontrar:

  • D
  • Diabetes Tipo 1

     


    O que é

    Causa

    Sinais e sintomas

     Complicações

    Tratamento

    Prevenção

    Ocasionada pela ausência ou insuficiência de produção de insulina no organismo. Geralmente, a pessoa precisa de injeções diárias de medicamento.

     

    Causa - voltar ao topo

    O próprio corpo destrói, por engano, as células beta do pâncreas produtoras de insulina, porque o organismo acha que são elementos estranhos. Isso é chamado de resposta auto-imune. Não se sabe exatamente por que isso acontece, mas alguns fatores como a genética, os auto-anticorpos, os vírus, os radicais livres do oxigênio e, em alguns casos, até mesmo o leite de vaca podem estar ligados ao desenvolvimento do diabetes tipo 1.

     

    Principais sinais e sintomas - voltar ao topo

    Pessoas com níveis mal controlados de glicose no sangue podem apresentar:
    Muita sede;
    Vontade de urinar diversas vezes;
    Perda de peso (mesmo sentindo mais fome e comendo mais do que o habitual);
    Fome exagerada;
    Visão embaçada;
    Infecções repetidas na pele ou mucosas;
    Machucados que demoram a cicatrizar;
    Fadiga (cansaço inexplicável);
    Dores nas pernas por causa da má circulação.


    Complicações - voltar ao topo

    O não tratamento da doença, ou seu tratamento incorreto,faz com que o diabetes evolua para outros males crônicos, tais como:

    - Retinopatia diabética: Lesões que aparecem na camada mais interna dos olhos (retina), levando a sangramentos e perda da acuidade visual.

    - Nefropatia diabética: Alterações dos vasos sangüíneos dos rins que provocam perda de proteína pela urina e compromete o bom funcionamento dos rins.

    - Neuropatia diabética: Neste caso, os nervos podem ficar incapazes de emitir as mensagens do cérebro, podem emiti-las na hora errada ou muito lentamente, o que causa formigamentos,

    dormência ou queimação das pernas, pés e mãos, dores locais, fraqueza, atrofia muscular, pressão baixa, distúrbios digestivos, excesso de transpiração e impotência.

    - Pé Diabético: Como as pessoas com diabetes podem ter lesões nos nervos (neuropatia) e má circulação sanguínea, precisam ficar atentos a qualquer ferimento principalmente nos membros inferiores. Os pés são mais vulneráveis e por isso merecem atenção especial. O aparecimento de úlceras, com ou sem infecção, podem comprometer o membro afetado até um ponto em que se torna necessária sua amputação.

    - Infarto do miocárdio e acidentes vasculares cerebrais (derrames): Essas complicações ocorrem quando grandes vasos sanguíneos são afetados e causam obstrução de órgãos vitais como o coração e o cérebro. Infecções: O sistema imunológico também pode ser afetado pela alteração do metabolismo da glicose característica do diabetes, aumentando o risco de contrair algumas infecções. Para piorar a situação, o alto índice de açúcar no sangue é terreno ideal para alguns invasores (fungos, bactérias, etc.). Portanto, áreas como boca e gengiva, pulmões, pele, pés, genitais e incisões cirúrgicas estão sujeitos a este risco. Ferimentos em geral podem se tornar verdadeiras portas de entrada.

     

    Tratamento - voltar ao topo

    Para o diabetes tipo 1, na maioria dos casos, é necessária a aplicação diária de insulina, uma vez que o organismo não produz mais o hormônio. Dieta específica e exercícios físicos são complementos do tratamento. A quantidade de insulina aplicada dependerá do nível glicêmico. A alimentação é fator de aumento da glicemia, enquanto os exercícios físicos baixam estes níveis, diminuindo, assim, a necessidade de insulina.


    Prevenção - voltar ao topo

    Consiste basicamente em manter hábitos de vida saudáveis, o que inclui a prática de atividades físicas e alimentação balanceada.

    Saiba como ter uma alimentação saudável e a importância da prática de exercícios físicos:

    www.diabetes.org.br

    Fonte: Sociedade Brasileira de Diabetes
    Autor: Mariana Mesquita
    Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico científico do Portal Unimed

Cadastre-se para receber o Boletim Viver Bem.

Arquivo

Veja todas as notícias de Prevenir.

Ver todas

Conheça

Área restrita para colaboradores e cooperados:

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2020 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar