redes
redes

Inmetro lança vídeo para orientar uso de cadeirinhas infantis

Taise Bertoldi

Utilização dos dispositivos de retenção infantil é obrigatória desde setembro de 2010

27 Janeiro 2012 - Transportar crianças e bebês em automóveis exige atenção e algumas medidas de segurança, entre elas o uso correto dos dispositivos de retenção para crianças. Com o objetivo de reforçar a importância da cadeirinha infantil e orientar sobre sua correta utilização, o Inmetro disponibiliza um vídeo na internet com dicas, informações e recomendações sobre o assunto.

O uso de assentos infantis para transporte de crianças até sete anos e meio é obrigatório desde setembro de 2010. Segundo estatísticas da Polícia Rodoviária Federal, no primeiro semestre de 2011, houve queda de 41,18% em mortes nas estradas de crianças com até sete anos de idade em relação ao mesmo período de 2010.

O Inmetro alerta que a instalação correta dos dispositivos é essencial para reduzir as consequências de choques nos veículos e recomenda que os pais sigam as instruções dos fabricantes. O uso da cadeirinha, do assento de elevação ou do bebê conforto depende da idade, do peso e da altura da criança.

Com base na Resolução nº 227/2008 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran):

- Crianças de até 1 ano de idade devem usar o bebê conforto ou assento conversível voltados para o vidro traseiro; 
- de 1 a 4 anos, a obrigatoriedade é em relação à cadeirinha; 
- de 4 a 7 anos e meio, a criança deve ser acomodada em um assento de elevação ou booster;
- a partir de 7 anos e meio, fica permitido o uso do cinto de segurança no banco traseiro.

O vídeo faz parte da Série Faça Certo, criada para conscientizar a população sobre o uso correto de produtos com o selo de identificação da conformidade. Clique aqui para acessar o vídeo.

Fonte: Inmetro


Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.

Cadastre-se para receber o Boletim Viver Bem.

Arquivo

Veja todas as notícias de Pais e Filhos.

Ver todas
Área restrita para colaboradores e cooperados:

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2021 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar