redes
redes

Hora da papinha

Texto: Rafaela Fusieger

Após os seis meses de vida, os bebês precisam receber outros alimentos saudáveis além do leite materno. Confira dicas sobre como fazer a introdução alimentar.

25 Novembro 2016 -

A indicação do Ministério da Saúde sobre a transição da fase do aleitamento materno exclusivo para a introdução alimentar é bastante clara. A partir dos seis meses é necessário integrar à alimentação do bebê outras opções saudáveis além do leite materno. A novidade deve ocorrer de forma gradativa, sem que a amamentação seja interrompida, afinal, o aleitamento materno é recomendado pelo Ministério da Saúde por dois anos ou mais. 

Durante essa fase, a alimentação dos bebês deve ser composta pelo leite materno e complementada com legumes, frutas, verduras e carnes em forma de papinha. Não é necessário preparar uma grande quantidade de alimento, pois as necessidades nutricionais do bebê, assim como seu estômago, ainda são pequenos aos seis meses de idade. Para orientar os pais, o Ministério da Saúde disponibilizou uma tabela com a porção de alimento recomendada conforme cada idade:  

 

Idade Textura Quantidade
A partir dos 6 meses Alimentos bem amassados Iniciar com 2 a 3 colheres de sopa, aumentando a quantidade conforme aceitação
A partir dos 7 meses Alimentos bem amassados 2/3 de uma xícara ou de uma tigela de 250 ml
9 a 11 meses Alimentos bem cortados ou levemente amassados 3/4 de uma xícara ou de uma tigela de 250 ml
12 a 24 meses Alimentos bem cortados ou levemente amassados Uma xícara ou tigela de 250 ml



Fonte: Ministério da Saúde


Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.

Cadastre-se para receber o Boletim Viver Bem.

Arquivo

Veja todas as notícias de Pais e Filhos.

Ver todas
Área restrita para colaboradores e cooperados:

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2018 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar