redes
redes

Dicas para a chegada do segundo bebê

Texto: Rafaela Fusieger

Preparar o filho mais velho para esse momento pode tornar a adaptação mais fácil.

02 Dezembro 2016 -
A chegada de um novo bebê costuma gerar mudanças na rotina da família, essas alterações podem parecer ainda mais complexas se já houver um primeiro filho, pois nem sempre o irmão mais velho consegue lidar tranquilamente com a situação. É comum que ele sinta ciúme e possa ficar insatisfeito com a presença do recém-nascido. Algumas atitudes aplicadas pelos pais, antes e depois do nascimento do segundo filho, podem facilitar a adaptação. 

Ao descobrir a gravidez, não é preciso contar imediatamente ao primogênito que um irmão está por vir, pois nove meses podem parecer uma eternidade para a criança. Uma das opções é esperar até o segundo trimestre de gestação para contar a novidade, período em que os sinais da gravidez costumam ficar mais evidentes e geralmente a fase mais delicada da gestação já passou. A partir desse momento, algumas ações costumam ser eficazes para envolver a criança na espera do irmão: 

• Mostrar fotos de quando o filho era bebê; 
• Visitar amigos que tenham mais de um filho;  
• Envolver a criança na escolha do nome do irmão ou irmã; 
• Se possível, levá-lo a uma das consultas em que será utilizado aparelho de ultrassom para ver o bebê. 

Dica: se o seu filho não manifestar interesse pelo bebê que está chegando, não force o interesse, essa atitude é normal e pode levar algum tempo para que ele se acostume.


 

Fonte: Kids Health


Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.

Cadastre-se para receber o Boletim Viver Bem.

Arquivo

Veja todas as notícias de Pais e Filhos.

Ver todas
Área restrita para colaboradores e cooperados:

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2018 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar