redes
redes

Importância do sono na adolescência

Texto: Rafaela Fusieger

Conheça estudos que evidenciam a necessidade de desfrutar de horas suficientes de sono, além de dicas que contribuem para dormir melhor

02 Junho 2017 -
Um estudo citado pela Escola de Medicina de Harvard (Harvard Medical School) menciona que pesquisadores de Cingapura dividiram estudantes do ensino médio em dois grupos. Durante uma semana, os integrantes de um dos grupos dormiram nove horas por noite, já os participantes do outro grupo foram instruídos a dormir cinco horas. Os estudantes foram avaliados antes, durante e depois desta semana de experiência. Os pesquisadores revelaram que o grupo que desfrutou de menos horas de sono apresentou mais problemas de função cognitiva, atenção e humor ao longo da semana, quando comparados com os outros estudantes. Além disso, foram necessárias duas noites de "sono de recuperação" para o organismo voltar ao normal. 

As informações acima evidenciam a importância do sono na adolescência. A Academia Americana de Medicina do Sono (American Academy of Sleep Medicine) recomenda que jovens de 13 a 18 anos durmam, pelo menos, de oito a dez horas ininterruptas em um período de 24 horas. Conforme a Escola de Medicina de Harvard, enquanto a quantidade de sono ideal pode variar de pessoa para pessoa, no caso das crianças e adolescentes o fato de não dormir horas suficientes pode ter consequências graves, pois o cérebro está em desenvolvimento e, portanto, é mais sensível aos impactos do sono deficiente.

Fonte: Harvard Medical School / American Academy of Sleep Medicine


Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.

Cadastre-se para receber o Boletim Viver Bem.

Arquivo

Veja todas as notícias de Pais e Filhos.

Ver todas
Área restrita para colaboradores e cooperados:

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2018 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar