redes
redes

Comportamentos para dormir melhor

Rafaela Fusieger

Noites mal dormidas podem estar associadas a hábitos inadequados. Algumas mudanças na rotina contribuem para melhorar a qualidade do sono.

01 Março 2017 -
Durante o mês de fevereiro foi ao ar no Canal Viver bem a seguinte enquete: “Você tem dificuldade para dormir à noite?”. Das 180 respostas obtidas, 27% assinalaram “Nunca tive”, 26% “Atualmente não, mas já tive”, e 45% das pessoas assinalaram “Tenho dificuldade”. Segundo a Escola de Medicina de Harvard (Harvard Medical School), o déficit de sono pode gerar diversos problemas de saúde, entre eles impactar negativamente na imunidade, aumentar o risco de desenvolver doenças cardíacas e influenciar no ganho de peso.

Dormir o suficiente é tão importante para a saúde quanto manter uma dieta saudável e praticar exercícios físicos regularmente. O ideal é que um adulto desfrute, em média, de sete a nove horas de sono todas as noites. Abaixo listamos cinco recomendações indicadas pela Escola de Medicina de Harvard que podem contribuir para dormir melhor, elas são simples e requerem apenas estar mais atento à rotina. 

Atenção! A Escola de Medicina de Harvard alerta que nem sempre os hábitos inadequados são a causa da dificuldade para dormir, há a possibilidade de existir uma condição de saúde que necessita de atenção médica. Por isso, procure colocar as orientações abaixo em prática e, caso não surtam efeito, converse com seu médico. 
 
 
 

Fonte: Harvard Medical School


Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.

Cadastre-se para receber o Boletim Viver Bem.

Arquivo

Veja todas as notícias de Comportamento.

Ver todas
Área restrita para colaboradores e cooperados:

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2018 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar