redes
redes

Você é um atleta de fim de semana?

Rafaela Fusieger

Contusões musculares e problemas cardiológicos estão entre os perigos da prática de exercícios físicos apenas uma vez na semana.

17 Abril 2017 -
Muito provavelmente você já ouviu o termo "atleta de fim de semana", ele costuma ser usado para caracterizar uma pessoa que se exercita intensamente no fim de semana, mas no restante dos dias não pratica atividade física. Conforme o Ministério da Saúde, este hábito “além de não produzir o efeito esperado, pode ser um problema para a saúde”. A orientação é que os exercícios físicos sejam feitos diariamente, mas, caso não seja possível, devem ser praticados pelo menos três vezes na semana em dias alternados.

Perigos para o atleta de fim de semana
 
Problemas cardiológicos: a carga excessiva de exercício pode expor o praticante a vários problemas cardiológicos, como infarto, arritmias e complicações que podem até mesmo levar à morte súbita.

Lesões musculares: praticar atividade física apenas um dia na semana aumenta o risco de lesões musculares e ligamentares, como torção no joelho, por exemplo, e artrose.

Há quem alegue não ter tempo para praticar exercícios físicos ao longo da semana. A boa notícia é que existem alternativas para permanecer praticando um esporte, como corrida ou futebol, apenas aos finais de semana e de forma segura. O segredo é incluir alguns hábitos simples na rotina. Veja:
 
 
 
Use as escadas, em vez do elevador.
 
 
 
 
 
 
Dance sempre que puder, inclusive em casa.
 
 
 
 
 
 
Caminhe algumas quadras até o seu trabalho.
 
 
 
 
 
 
 
Pule corda em casa.
 
 
 
 
 
 
 
 
Opte por videogames com sensores de movimento.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Ministério da Saúde


Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.

Cadastre-se para receber o Boletim Viver Bem.

Arquivo

Veja todas as notícias de Comportamento.

Ver todas
Área restrita para colaboradores e cooperados:

Portal Nacional de Saúde - Unimed Brasil | Copyright 2001-2017 Portal Unimed. Todos os direitos reservados. Agência Nacional de Saúde Suplementar