Canal Profissionais da Saúde

Espaço exclusivo para os profissionais da área da saúde. As informações contidas neste canal são técnicas e podem ser interpretadas de forma incorreta por leigos.

Ciclismo pode afetar a fertilidade masculina


Item atualizado Quarta-feira 04 de Dezembro de 2002 Terça-feira 03 de Dezembro de 2002

De acordo com um estudo austríaco, andar freqüentemente de bicicleta pode prejudicar a fertilidade masculina. O estudo mostra que as vibrações causadas quando se anda em piso irregular podem causar anormalidades no aparelho sexual dos homens, como pequenas cicatrizes no escroto e baixa produção de esperma. Esses problemas foram detectados em ciclistas profissionais e praticantes amadores deste esporte, que pedalam pelo menos 4,8 mil quilômetros por ano (cerca de 2h30 diariamente, seis vezes por semana).

O estudo analisou 55 ciclistas que praticavam o esporte dentro desta freqüência. O resultado foi que quase 90% apresentavam contagens de esperma baixas e anormalidades no escroto. Apenas 26% dos 35 não-ciclistas incluídos no estudo apresentavam problemas semelhantes. O urologista Ferdinand Frauscher, do Hospital de Innsbruck, afirma que os homens não devem deixar de andar de bicicleta devido a este estudo, mas devem pensar em investir em aparelhos que absorvam o choque ou em sistemas de suspensão concebidos para reduzir as vibrações.






 
Voltar Voltar |  Versão do texto para impressão. Imprimir |  Recomende este texto para leitura. Recomendar |  Fale com a redação do Portal Unimed. Redação |  Topo
 
Política de Privacidade | Favoritos | Indique este Site
Portal Nacional de Saúde - Unimed do Brasil
Copyright 2001-2017 Portal Unimed. Todos os direitos reservados
Agência Nacional de Saúde