• Unimed Litoral Sul

    oferece curso gratuito e on-line para Cuidadores de Idosos

    LEIA MAIS
    Cuidadora de idosa e senhora idosa
  • Central Nacional Unimed

    disponibiliza teleconsulta a todos os seu beneficiários

    LEIA MAIS
    Uma pessoa realiza uma teleconsulta
  • Unimed Maceió

    Carta de menina de 8 anos emociona profisionais de saúde

    LEIA MAIS
    Menina e seu cachorro no colo
Voltar

Unimeds reforçam ações de prevenção contra o novo coronavírus

Unimeds reforçam ações de prevenção contra o novo coronavírus

Para garantir a segurança e o cuidado dos profissionais e clientes, Unimeds têm feito grandes investimentos na compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e algumas cooperativas passaram até a produzir os materiais.

Unimeds reforçam ações de prevenção contra o novo coronavírus

Para garantir a segurança e o cuidado dos profissionais e clientes, Unimeds têm feito grandes investimentos na compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e algumas cooperativas passaram até a produzir os materiais.

5 Agosto 2020

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, um assunto é incontestável: a adoção de medidas para reduzir o risco de contrair ou transmitir a COVID-19. E as cooperativas e empresas auxiliares do Sistema Unimed rapidamente começaram a tomar atitudes preventivas para garantir a segurança e o cuidado de seus clientes, colaboradores e profissionais de saúde que estão atuando na linha de frente.  Até a primeira quinzena de junho as iniciativas foram compartilhadas com a Unimed do Brasil que, por meio da diretoria de Desenvolvimento de Mercado, compilou esses dados para criar pautas positivas em seus canais de comunicação oficias e na imprensa.

A Unimed Crateús (CE), por exemplo, reforçou a quantidade de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), adquiriu cerca de 6 mil máscaras cirúrgicas e N95, 100 protetores faciais, 248 macacões impermeáveis, 600 jalecos impermeáveis e outros itens como toucas e luvas. Já a Unimed Grande Florianópolis (SC) comprou mais de 525 mil máscaras de tecido para entregar gratuitamente aos clientes e doar à comunidade.

Outras Singulares também investiram pesado na compra destes materiais. Vale dos Sinos (RS) destinou R$ 770 mil em máscaras, luvas e aventais. E Rio de Janeiro (RJ) comprou cerca de 500 mil itens de proteção.

Já algumas cooperativas trabalham na própria produção de seus EPIs. Em Vale do Aço (MG), a confecção se dá por meio de um grupo de colaboradoras costureiras e voluntárias. Em média, são produzidas cerca de 100 máscaras e 70 aventais por dia. Na Unimed Nordeste/RS, as máscaras são feitas pelo setor de costura do Complexo Hospitalar Unimed. E, em Oeste do Pará (PA), a Unimed firmou parceria com uma cooperativa de costureiras local.


 
 
 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em