Voltar

Unimeds contratam profissionais e adquirem novos equipamentos

Unimeds contratam profissionais e adquirem novos equipamentos

Unimeds contratam profissionais e adquirem novos equipamentos

17 Agosto 2020
Durante a pandemia do novo coronavírus, as cooperativas Unimed investiram ainda mais na infraestrutura das suas unidades de saúde. As Singulares reforçaram suas equipes, seus equipamentos para atendimento aos pacientes com COVID-19 e seus protocolos de trabalho na linha de frente para garantir a segurança à saúde de profissionais e beneficiários.

Com relação à contratação de profissionais de saúde, a Unimed-Rio (RJ), por exemplo, aumentou seu capital humano. Foram 62 médicos, 59 enfermeiros, 150 técnicos de enfermagem e 134 colaboradores administrativos para atividades operacionais nas unidades assistenciais.

A Unimed Nova Friburgo (RJ) também contratou oito médicos plantonistas e dois enfermeiros para o atendimento de classificação de risco do pronto atendimento COVID. Em Piracicaba (SP), a Unimed designou 180 profissionais da saúde para o atendimento exclusivo da COVID-19 e contratou 27 novos colaboradores, nas áreas de Enfermagem e Farmácia.

Quanto à aquisição de equipamentos que possibilitassem o atendimento de um maior número de pacientes com a doença, o engajamento das Unimeds não foi diferente. De Norte a Sul do País, a marca investiu em seus serviços: a Unimed Botucatu (SP) adquiriu cinco respiradores, a Unimed Porto Velho (RO) comprou cinco novos ventiladores e sete monitores, a Unimed Nordeste-RS ampliou a quantidade de respiradores, totalizando 52 unidades, e a Unimed Cratéus (CE) alugou três respiradores, duas bombas de infusão e um monitor cardíaco.

A disponibilização de testes da COVID-19 também foi uma das medidas adotadas pelo Sistema. Foi o caso da Unimed Assis (SP), que adquiriu 100 testes rápidos, encaminhados para os laboratórios de apoio, e participou da compra conjunta de 3.500 testes, promovido pela Federação das Unimeds do Estado de São Paulo (Fesp).

Os dados acima citados sofreram atualizações no decorrer da pandemia. Eles são datados de levantamentos enviados pelas cooperativas entre abril e julho deste ano. 

Média (0 Votos)

COMPARTILHAR:


 
 
 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em