Voltar

21º Conai reforça otimismo com cenário de renovação nacional e enfatiza importância do diálogo com a classe política

21º Conai reforça otimismo com cenário de renovação nacional e enfatiza importância do diálogo com a classe política

Evento estratégico, promovido pela Unimed do Brasil, levou discussões fundamentais para a saúde suplementar e para o cooperativismo ao centro político do País

21º Conai reforça otimismo com cenário de renovação nacional e enfatiza importância do diálogo com a classe política

Evento estratégico, promovido pela Unimed do Brasil, levou discussões fundamentais para a saúde suplementar e para o cooperativismo ao centro político do País

25 Abril 2019

Renovação. Essa palavra representa boa parte dos anseios de um País que se vê em plena expectativa por reformas estruturais e por novos dias. Não à toa, a Unimed do Brasil levou um dos principais eventos de sua agenda anual, o 21º Congresso Nacional de Integração (Conai), ao centro político nacional: Brasília. Realizado de 22 a 24 de abril, o encontro reuniu dirigentes do maior sistema cooperativo de saúde do mundo para discutir, entre outros assuntos, a maior aproximação com a classe política para a defesa das causas do cooperativismo de saúde e, consequentemente, da saúde nacional.

 

No encerramento da programação, que abordou temas como modificações na política de regulamentação de medicamentos, o futuro da Frente Parlamentar Cooperativista (Frencoop) e tendências em tecnologia da informação em saúde, o experiente jornalista Alexandre Garcia falou sobre o momento pós-eleições de 2018 e a importância do otimismo para que o País volte a crescer.

 

“Estamos vindo de uma grande transformação, que foi a eleição de outubro. Mudança feita pelo voto, e há agora muita gente nova no Congresso e no Governo. Essa renovação, que tira os vícios do passado, é uma grande oportunidade que se oferece para nós, desde que participemos ativamente com entusiasmo, provocando investimento, gerando emprego e tendo uma expectativa, uma esperança muito grande”, ressalta Garcia.

 

Segundo o comentarista especializado em Política, essa é uma boa hora para que a Unimed atue mais fortemente junto ao Governo e parlamentares em prol das reformas na área da saúde. “Uma instituição como a Unimed, que tem 37% do setor da saúde suplementar, é muito importante com essa disposição de participar ativamente da condução desse grande navio, chamado Brasil”, afirma o jornalista.

 

Entre os principais pontos defendidos pela Unimed para a sustentabilidade da saúde no País estão a mudança do modelo assistencial, o controle da inflação médica e a redução da judicialização, de acordo com Orestes Pullin, presidente da Unimed do Brasil. Com 115 mil médicos cooperados, 18 milhões de beneficiários e presente em 84% do território nacional, para Pullin a Unimed possui tamanho e capilaridade suficientes para se posicionar como um dos principais entes do setor.

 

“O que precisamos hoje é também de uma reforma na saúde. Se não nos atentarmos para a importância da adoção cada vez maior da Atenção Primária, para a formação de médicos especializados nesta área e para a reformulação da remuneração médica, priorizando o método DRG, por exemplo, corremos o risco iminente de termos um setor insustentável”, defende o dirigente. “Por isso, trouxemos um fórum tão importante como o Conai para próximo ao centro nervoso político nacional e contamos com uma forte atuação de nossa Assessoria Político-Institucional em Brasília”, complementa.

 

Sobre a Unimed – A Unimed, maior sistema cooperativo de saúde do mundo, possui 52 anos de atuação no mercado de saúde suplementar. A marca nasceu com a fundação da Unimed Santos (SP), em 1967, e hoje é composta por 345 cooperativas médicas, com assistência para cerca de 18 milhões de beneficiários em todo País. Entusiasta do movimento SomosCoop, da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), a Unimed conta com mais de 115 mil médicos, 119 hospitais próprios e 2.506 hospitais credenciados, além de pronto-atendimentos, laboratórios e ambulâncias para garantir a qualidade da assistência médica, hospitalar e de diagnóstico complementar prestada aos beneficiários das cooperativas.

 

Mês Unimed - Abril é o mês escolhido pela Unimed para seu projeto nacional em prol da saúde e bem-estar dos brasileiros: o Mês Unimed. Com a iniciativa, o maior sistema cooperativo de saúde do mundo, com 345 cooperativas, une esforços para promover em todo o Brasil uma série de eventos culturais, educacionais e esportivos, aproveitando sua capilaridade e reforçando o movimento nacional Mude1Hábito, criado para encorajar a melhoria de qualidade de vida das pessoas a partir da mudança de hábitos. As ações que fazem parte do Mês Unimed estão disponíveis no hotsite: unimed.me/mesunimed.