Dicas de cozinha: veja como manter os alimentos bons para uma alimentação saudável

        16 de junho, 2020


 

Se tem uma coisa que estamos aprendendo neste momento de pandemia é economizar. Saber como conservar os alimentos da forma correta é, além de cuidar da saúde, uma forma de evitar o desperdício de comida. Sem contar que menos idas ao supermercado também significa menos contato e mais saúde para você e para a sua família.

Mas o que provoca o desperdício? É bastante comum a gente não consumir, por exemplo, todos os alimentos do almoço, e sempre sobra um pouco de alguma coisa. Além disso, existem alguns alimentos que podem ficar ruins se não forem consumidos em pouco tempo, a exemplo de carnes, verduras, frutas e hortaliças.

Mas a forma como você guarda essa comida pode aumentar bastante o tempo útil dela e, assim, você evita o desperdício. Quer aprender a guardar os alimentos por mais tempo e mantê-los bons para o consumo? Confira as dicas abaixo!

1 • Frutas

A maioria das pessoas deixa as frutas em fruteiras, fora da geladeira. Porém, dessa forma algumas delas podem amadurecer mais rápido. É o caso da banana, do mamão, da ameixa, do caqui, do damasco, do maracujá e de outras frutas que liberam um gás chamado etileno, responsável pelo amadurecimento.

As frutas costumam durar mais tempo se forem guardadas na geladeira ou em ambientes frescos e ventilados. Lembre-se: locais quentes amadurecem a fruta mais rapidamente. Portanto, tenha o cuidado de não deixá-las em locais onde bata o sol.

Já as frutas que não soltam o etileno (abacaxi, goiaba, limão, laranja, carambola, caju e outras) também devem ir para a geladeira. Elas podem ficar na parte inferior, dentro de sacos devidamente higienizados.

2 • Laticínios

Este é um grupo de alimentos que merece atenção na hora da armazenagem, já que costuma estragar com facilidade e possui data de validade reduzida. Consumir leite estragado, por exemplo, pode causar uma séria contaminação.

A melhor forma de armazenar determinados produtos é seguindo as orientações da embalagem. Além disso, leite de caixinha e outros derivados não devem ser guardados na porta da geladeira, pois nesse local há grande variação de temperatura. Dessa forma, o alimento estraga mais rapidamente.

E onde guardar? Queijos, leite, iogurtes e outros derivados devem ficar na parte mais alta da geladeira, perto do congelador. Na maioria dos refrigeradores, o ar frio é liberado de cima para baixo, portanto, quanto mais perto da parte fria, melhor.

3 • Verduras e legumes

Existe um processo chamado branqueamento, que ajuda a manter as propriedades desses alimentos por mais tempo, mesmo quando congelados. Eles podem ficar bons para o consumo por seis a oito meses e, se for para a geladeira, podem durar de sete a dez dias. Veja o passo a passo:

• Remova as partes danificadas, talos sementes
• Lave
• Corte em pedaços
• Deixe alguns minutos na água fervente
• Com a ajuda de uma escumadeira, retire os alimentos da água fervente e coloque-os em uma panela de água com gelo. Assim, o processo de cozimento para de forma instantânea
• Seque-os e coloque-os em embalagens limpas, secas e, de preferência, sem oxigênio.

Cada alimento tem um tempo de cozimento. Por exemplo:

Beterraba: de 3 a 5 minutos
Cenoura: de 2 a 5 minutos
Berinjela, repolho, espinafre, chicória, pimentão e chuchu: 2 minutos.

Gostou das nossas dicas para conservar alimentos? Então, assine a nossa newsletter e receba outras que vão facilitar o seu dia a dia!

Cuidar de você. Esse é o plano.


Assuntos em destaque: