Unimed Cascavel destaca efeitos positivos da atividade física no combate à Covid-19

        24 de junho, 2020


 

Enquanto o mundo inteiro tenta encontrar respostas sobre a pandemia de Covid-19, o receio quanto ao agravamento causado por doenças crônicas amedronta milhões de pessoas em todos os países. Também vem de várias partes do planeta a orientação dos profissionais da saúde para manter uma vida saudável, o que ajuda a diminuir os efeitos negativos de comorbidades, quando associadas ao novo Coronavírus.

É neste contexto que a prática de atividades físicas, mesmo dentro de casa, mostra-se essencial para encarar a pandemia. Veja como os exercícios podem ajudar na sua saúde e aproveite o dia de hoje para dar início ao seu programa de atividades.

• Obesidade
A atividade física praticada de forma regular evita o excesso de peso e combate a obesidade, que está entre os fatores de risco para quadros graves de Covid-19.

• Doenças
Segundo o Ministério da Saúde, um cidadão que pratica atividades físicas regularmente tem menos probabilidade de desenvolver algumas doenças crônicas não-transmissíveis (DCNTs), como as doenças cardiovasculares, câncer e diabetes, que também são situações que colocam as pessoas no chamado “grupo de risco”.

• Pressão arterial
A prática de atividade física regular é uma excelente aliada para manter a pressão arterial nos níveis adequados para uma ótima saúde. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a hipertensão está entre os principais agravantes para pacientes diagnosticados com Covid.

• Outros benefícios

Exercitar-se com frequência também ajuda a eliminar o estresse, além de melhorar a autoestima e concentração.

Recomendações

Pessoas entre 5 e 17 anos de idade devem praticar 60 minutos de exercícios aeróbicos por semana, em nível de atividade de moderado as rigoroso.]

Pessoas entre 18 e 64 anos devem praticar no mínimo 150 minutos de exercícios aeróbicos por semana, em nível moderado de atividade, ou 70 minutos, se for em nível vigoroso.

Pessoas com 65 anos ou mais devem praticar 150 minutos de exercícios aeróbicos por semana, em nível moderado, ou 75 minutos, se for em nível vigoroso.

Essas recomendações fazem parte das orientações do programa Mude1Hábito, que estimula as pessoas de todas as idades e adotarem práticas mais saudáveis de vida.

Cuidar de você. Esse é o plano.


Assuntos em destaque: