Unimed Cascavel reforça a importância do Teste do Pezinho

        23 de junho, 2020


 

No mês de junho é comemorado o Dia Nacional do Teste do Pezinho (06). Por isso, a Unimed Cascavel reforça a recomendação para realizar o teste entre o 2º e 7º dia de vida do bebê.

O que é

Também conhecido como Teste de Triagem Neonatal, o Teste do Pezinho é um exame obrigatório para todos os recém-nascidos. Ele é realizado por meio da coleta quase indolor de sangue do calcanhar do bebê. O objetivo é detectar doenças genéticas ou metabólicas que podem prejudicar ou comprometer a qualidade de vida. A data para a coleta foi preconizada entre o 2º e o 7º dia de vida do bebê, principalmente por causa do início muito rápido dos sinais e sintomas de três das seis doenças detectadas, como o hipotireoidismo congênito, a hiperplasia adrenal congênita e fenilcetonúria. Versões do teste disponíveis no sistema particular de saúde podem identificar  até 48 enfermidades por meio do Teste do Pezinho.

Em muitos casos, o exame pode ser realizado ainda no hospital. Caso não aconteça, o pediatra entregará a solicitação para que o exame seja feito em um laboratório. Em caso de alterações, quanto maior a rapidez na identificação e início do tratamento, maior a possibilidade de evitar sequelas nas crianças.

Além de ser um ato de amor e cuidado, o Teste do Pezinho também é uma questão de responsabilidade legal dos pais, afinal, o exame é obrigatório em todo o território nacional. A ausência dele pode até impedir a emissão da certidão de nascimento do bebê.

Cuidar de você em toda a linha da vida. Esse é o plano.   


Assuntos em destaque: