Notícias

https://www.unimed.coop.br/site/o/sites-theme/images/cards-noticias/noticias-padrao.png

Dezembro Laranja

A pele fala. Escute seus sinais
Texto: Unimed Cerrado
        01 de dezembro, 2021

Afinal, a exposição solar é a única causa do câncer de pele? Entenda mais!

1 - A pele é o maior órgão do corpo humano
2 - O câncer de pele é o mais comum no Brasil
3 - Com diagnóstico precoce, as chances de cura são de mais de 90%

Principais tipos de câncer de pele:

Melanoma: mais agressivo, menos frequente
Não Melanoma: menos agressivo, mais comum

Fatores de risco:

  • Exposição solar acumulada ao longo da vida
  • Exposição ocasional com queimaduras
  • Câmaras de bronzeamento artificial (proibidos no Brasil)
  • Histórico familiar de câncer de pele
  • Pele e olhos claros - embora pessoas negras também possam desenvolver a doença
  • Muitas pintas no corpo
  • Distúrbios de imunidade

Atenção!

O câncer de pele pode surgir em áreas menos expostas, como couro cabeludo, palmas das mãos, solas dos pés e até mesmo partes íntimas. Por isso, é preciso ter o hábito de observar em casa as pintas e sinais na sua pele e buscar orientação médica caso elas apresentem mudanças.

ABCDE: o que essas letras dizem sobre melanima.

O critério ABCDE é uma forma de identificar sinais suspeitos que precisam de investigação.

A - Assimetria de cores e de forma
B - Bordas irregulares, dentadas ou com sulcos
C - Cores ou tons diferentes na mesma lesão
D - Diâmetro maior que 6 milímetros ou que cresce muito rápido
E - Evolução: mudanças em curto período de tempo (1 a 3 meses)

Mas atenção: para o diagnóstico, é preciso avaliação médica!

Prevenção

 

  • Protetor solar (FPS 30, no mínimo) mesmo em dias nublados, desde a infância
  • Chapéus e roupas com fator de proteção solar
  • Exposição ao sol no início da manhã e final da tarde (evitar sol entre 10h e 16h)
  • Consulta médica quando visualizar sinais suspeitos

Proteja-se! Cuide-se! Escute seus sinais.

Comentar