Quem somos

Um hospital completo

pra você se sentir em casa.

Aqui, sua jornada de saúde tem a atenção do Jeito de Cuidar Unimed e começa bem antes de chegar ao hospital. Do agendamento à alta hospitalar, você conta com o suporte de especialistas preparados para um atendimento próximo, humanizado e seguro. Nossa infraestrutura foi especialmente projetada para garantir o equilíbrio entre alta tecnologia e o aconchego de sentir-se em casa, seja durante a consulta médica ou internação. Somos nível Ouro no Selo Hospital Unimed de Sustentabilidade e atualmente nosso índice de satisfação está em 98,86%.
Atendemos: Unimed, IPE Saúde, Cabergs Saúde, Saúde Caixa e particular
Responsive Image

Nossa estrutura

No Hospital Unimed você encontra um espaço moderno e humanizado para te atender com todo cuidado.
Previous Next
  • Centro Cirúrgico
  • Monitoramento pós-cirúrgico 
  • Internação clínica e cirúrgica
  • Procedimentos de pequena e média complexidade
  • 35 leitos
  • Apartamentos privativos e semiprivativos
  • Tecnologia para segurança do paciente
  • Acompanhamento familiar em período integral
  • Ambiente acolhedor e hoteleiro
  • Música como terapia de cura
  • Cozinha com saborosos pratos
  • Parceria com o Museu de Arte do Rio Grande do Sul
  • Alta humanizada (serviços de cabelo, barba e maquiagem)

Centro cirúrgico

O centro cirúrgico compreende três salas cirúrgicas,
modernas com alta tecnologia, sala de recuperação e central
de materiais de esterilização.
Previous Next

Termos de consentimento

Prezado médico! Este termo de consentimento informado e esclarecido destina-se exclusivamente ao preenchimento pelo profissional médico. Contém as informações sobre o procedimento a ser realizado, esclarecendo quanto a benefícios e riscos, complicações potenciais durante a realização e na fase de recuperação. Também permite expor as chances de êxito e os riscos assumidos pelo paciente se optar por não realizá-lo. Após receber as informações sobre o procedimento, o paciente e/ou responsável legal tem a oportunidade de esclarecer suas dúvidas, compreendendo claramente a necessidade do mesmo.

O consentimento informado e esclarecido deve ser emitido no consultório, assinado pelo paciente e/ou responsável e pelo médico responsável por informar e esclarecer sobre o procedimento a ser realizado. Uma via do documento deve ser encaminhada ao Hospital Unimed Erechim, juntamente com o pedido de internação/procedimento ou pedido do exame.

Serviço de apoio

  • Atendimento Ambulatorial
  • Serviços de Auxílio Diagnóstico e Terapêutico (Análises Clínicas; Fisioterapia; Diagnóstico por Imagem e Apoio Psicológico)
  • Agência Transfusional
  • Serviço de Atenção Domiciliar (SAD)
  • Remoção entre hospitais (ambulância e Uniair)

Atendimento 24 horas

Tel.: (54) 3321.2777 | 3321.2851 | 3520.6140
WhatsApp: (54) 99243 7846
E-mail: hospital@unimed-erechim.com.br
Av. Sete de Setembro, 2001
Erechim – RS | CEP: 99.709-182
Responsive Image

Serviços disponíveis no ambulatório:

  • Consultas
  • Procedimentos ambulatoriais
  • Aplicação de medicamentos injetáveis (via prescrição médica)
  • Curativos de qualquer porte (via prescrição médica)

Ambulatório Regulado

O Ambulatório Regulado é uma unidade de serviços médicos do Hospital Unimed apoiado nos atributos da integralidade, gestão do cuidado e acesso facilitado ao sistema de saúde. 

Conta com um corpo clínico preparado para assegurar a melhor assistência aos pacientes, por meio do desempenho profissional de excelência e aperfeiçoamento contínuo de processos relacionados à segurança e satisfação.
O atendimento é destinado a adultos e crianças e ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h e aos sábados das 8h às 12h.
Atendemos: Unimed, Cabergs Saúde, Saúde Caixa e particular
Para agendamento e mais informações:
Tel.: (54) 3520.6140 | WhatsApp: (54) 9.9243.7846

Faça um tour virtual no Hospital Unimed.

Direitos e Deveres do Paciente

O Hospital Unimed Erechim busca realizar um atendimento de excelência aos pacientes, zelando pela saúde e bem-estar. Com o intuito de ser transparente no relacionamento, elaboramos este manual de Direitos e Deveres dos clientes. Considera-se clientes, os pacientes do Hospital Unimed e seus familiares e/ou cuidadores. A equipe multidisciplinar do Hospital Unimed busca garantir os seus direitos. Se preciso, entre em contato com o serviço de Relacionamento com o Cliente pelo telefone (54) 3520-6102.
Responsive Image
1. Atendimento ágil, com tecnologia apropriada, por equipe multiprofissional capacitada e com condições adequadas de atendimento.

2. Ser tratado com dignidade, respeito, dedicação e humanidade por todos os colaboradores do hospital, sem qualquer forma de preconceito ou discriminação, respeitada a individualidade.

3. Ter a sua privacidade, individualidade e integridade física e psíquica asseguradas em qualquer momento do atendimento. 

4. Estar acompanhado, em consultas e internações, por pessoa indicada, se assim desejar. 

5. Caso o paciente seja criança ou adolescente, deverão ser observados os seus direitos na forma do Estatuto da Criança e Adolescente (Lei nº 8.069 de 13/07/1990) dentre eles a permanência ao seu lado em tempo integral de um dos pais ou responsável. 

6. Caso o paciente seja idoso, deverão também ser observados todos os direitos previstos no Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741 de 01/10/2003) em especial a permanência, em caso de internação ou observação, de acompanhante em tempo integral, salvo determinação médica em contrário. 

7. O sigilo e a confidencialidade de todas as informações pessoais, mesmo após a morte, salvo nos casos de risco à saúde pública.

8. Indicar um familiar ou responsável que atue como seu responsável legal para tomar decisões em seu nome, relacionadas ao tratamento, caso esteja impossibilitado de fazê-lo.

9. Receber informações claras, objetivas, de maneira respeitosa e compreensível quanto a:
    a. possíveis diagnósticos; 
    b. diagnósticos confirmados; 
    c. tipos, justificativas e riscos dos exames solicitados; 
    d. resultados dos exames realizados; 
    e. objetivos, riscos e benefícios de procedimentos diagnósticos, cirúrgicos, preventivos ou de tratamento; 
    f. duração prevista do tratamento proposto; 
    g. quanto a procedimentos diagnósticos e tratamentos invasivos ou cirúrgicos; 
    h. a necessidade ou não de anestesia e seu tipo e duração; 
    i. partes do corpo afetadas pelos procedimentos, instrumental a ser utilizado, efeitos colaterais, riscos ou consequências indesejáveis; 
    j. duração prevista dos procedimentos e tempo de recuperação; 
    k. evolução provável do problema de saúde; 
    l. informações sobre o custo das intervenções das quais a pessoa se beneficiou;
    m. outras informações que forem necessárias;

10. Buscar uma segunda opinião sobre o diagnóstico ou o tratamento apresentado, bem como substituir o médico responsável por seu atendimento a qualquer tempo, quando entender pertinente.

11. Decidir se seus familiares e acompanhantes deverão ser informados sobre seu estado de saúde.

12. Registros atualizados e legíveis no prontuário, contendo sua identificação pessoal, exame físico, exames complementares e respectivos resultados, hipóteses diagnósticas, diagnóstico definitivo, procedimentos ou tratamentos realizados, evoluções, prescrição médica diária, além da identificação clara de cada profissional prestador do cuidado.

13. Solicitar acesso ou cópia do seu prontuário, a qualquer momento, nos termos da legislação vigente.

14. Recebimento de receitas e prescrições terapêuticas datadas com informações claras, legíveis e identificação do profissional.

15. A escolha do tipo de plano de saúde que melhor lhe convier, de acordo com as exigências mínimas constantes da legislação e a informação pela operadora sobre a cobertura e custos.

16. Acesso à anestesia em todas as situações em que for indicada clinicamente, bem como a medicações e procedimentos que possam aliviar a dor e o sofrimento.

17. Conhecer a procedência do sangue e hemoderivados, antes de recebe-los, podendo verificar sua origem, o prazo de validade e as sorologias realizadas, tendo tais informações anotadas em seu prontuário para posterior consulta.

18. Ter respeitada a sua crença espiritual e religiosa, receber ou recusar assistência moral, psicológica, social e religiosa, direitos esses extensivos aos seus familiares.

19. A informação a respeito de diferentes possibilidades terapêuticas de acordo com sua condição clínica, baseado nas evidências científicas e a relação custo-benefício das alternativas de tratamento, com direito à recusa, atestado na presença de testemunha.

20. Direito à escolha de alternativa de tratamento, quando houver, e à consideração da recusa de tratamento proposto.

21. Direito a receber informações sobre o medicamento que será administrado, sua posologia, indicação terapêutica e possíveis efeitos adversos.

22. A escolha do local de morte.

23. Receber orientações sobre como conduzir seu tratamento após a alta.
Responsive Image
1. Respeitar o direito dos demais pacientes, empregados e prestadores de serviços do hospital, que deverão ser tratados com cortesia, utilizando-se dos canais de comunicação disponíveis para exercer seu direito de se manifestar.

2. O paciente e/ou responsável legal tem o dever de dar informações precisas e completas sobre seu histórico de saúde, doenças prévias, queixas, enfermidades e hospitalizações anteriores, histórico de medicamentos, drogas, reações alérgicas e demais informações relacionadas a sua saúde.

3. Expressar se compreendeu as informações e orientações recebidas e, caso ainda tenha dúvidas, solicitar esclarecimento sobre elas.

4. Ficar atento às situações de sua vida cotidiana que coloquem em risco sua saúde e a da comunidade, e adotar medidas preventivas.

5. Durante a internação deve utilizar somente as medicações prescritas pelo hospital. Medicações de uso contínuo deverão ser devidamente prescritas pelo médico responsável pelo seu atendimento e acompanhamento para continuidade.

6. Indicar um familiar ou responsável como seu representante legal para decidir em seu nome sobre o tratamento proposto, mesmo que ainda não esteja impossibilitado de fazê-lo.

7. Designar o médico responsável por seu tratamento no período de internação.

8. Respeitar a proibição de fumo, bebidas alcóolicas, drogas ilícitas e ruídos nas dependências do hospital, proibições estas extensivas a seus acompanhantes.

9. Observar as recomendações que lhe forem transmitidas pelos profissionais da saúde que prestaram ou prestam atendimento assumindo a responsabilidade pelas consequências advindas da não observação de tais instruções. 

10. Honrar seu compromisso financeiro com o hospital, saldando ou fazendo saldar por responsável financeiro seu atendimento médico-hospitalar, tanto no que se refere às contas hospitalares quanto aos honorários médicos.

11. Providenciar os documentos necessários para a autorização e aprovação de atendimento e tratamento pelo convênio médico, entregando as guias de autorização, ou comunicando sua recusa ao hospital.

12. Respeitar a proibição de uso de porte de armas brancas e armas de fogo nas dependências do hospital. Caso o cliente possua o porte de arma de fogo, deverá informar isso para a segurança, exceto pelo serviço de segurança armada regulamentada no exercício da função.

13. O paciente hospitalizado não pode se ausentar do local onde está internado, salvo exceções autorizadas pelo médico responsável, relacionadas à continuidade do cuidado médico assistencial.

14. Prestar atenção no cuidado que está recebendo, esclarecendo as dúvidas com a equipe de saúde, sendo agente ativo do seu autocuidado.

Referências legais: Estatuto da Criança e Adolescente - Lei nº 8.069 de 13/07/1990. 
Estatuto do Idoso - Lei nº 10.741 de 01/10/2003. 
Ministério da Saúde. Portaria n° 1.820 de 13/08/2009.
Direito e deveres dos usuários de saúde. 
Lei do desarmamento. 
Lei nº 10.826 de 22/12/2003.
Lei antifumo. 
Decreto nº 8.262, de 31/05/2014.

Estrutura Organizacional

Hospital Unimed

Diretor Clínico: Dr. Elcio Marcos Zanardo                        
Diretor Técnico: Dr. Cezar Luiz Assoni                        
Coordenadora da Agência Transfusional: Dra. Adriana Zardo João
Coordenador do Plantão Médico: Dr. Flávio Augusto Girardello    
Coordenador da CCIH: Dr. Vanderlei Augusto Madalozzo
Coordenadora Assistencial:  Enfª. Cristiane Macioroski          

Comissão de Ética

Hospital Unimed

Presidente: Dr. Flávio Augusto Girardello                        
Secretária: Dra. Lis Tozatti Fernandes                        
Membro efetivo: Dra. Flávia Milan Gritti                        
Suplentes: Dr. Ângelo Luís Stroher                    
                      Dr. João Elmar de Oliveira                    
                      Dr. Rinede Luís Manfredini