Guia Médico

  Encontre um médico e outros recursos da Unimed, sempre perto de você

Mude 1 Hábito

É o Movimento Nacional da Unimed, que promove uma onda de cuidado em todo o Brasil, incentivando as pessoas a viver da melhor forma possível, seja por meio da alimentação saudável, prática de exercícios, encontro do equilíbrio emocional ou pela busca de qualquer mudança que seja capaz de transformar o modo de ver o mundo.

Nossos Reconhecimentos

Notícias Unimed Federação MS

Desacelere: como superar a ansiedade?

Janeiro é dedicado à conscientização da saúde mental, um tempo de conhecimento, valorização da saúde e que não pode passar em branco
Texto: Comunicação Unimed Campo Grande
        03 de janeiro, 2022

Tem como desacelerar mesmo com a correria da nossa rotina? E combater a ansiedade, tem alguma fórmula para isso? Como começar 2022 com o pé direito? Enfim, vivemos de maneira mais leve quando entendemos que em um momento podemos estar bem e em outro podemos não estar tão bem assim.  

Este pensamento ganha ainda mais força agora em janeiro, marcado pela campanha Janeiro Branco, um mês dedicado à conscientização dos cuidados que devemos ter com nossa saúde mental. Um tempo voltado para o conhecimento e valorização da saúde, que não podem passar em branco.  

Para falar mais sobre este assunto, o psicólogo Ricardo Takaki traz informações valiosas e necessárias sobre a temática. Confira!  

Ansiedade X pandemia 

O ano de 2022 vai ser o tempo de restaurar o que ficou. Quando pensamos em uma pandemia, em uma situação em que passamos diversos tipos de privações, inseguranças e incertezas, vimos que tivemos de nos reinventar nesse período. Diante de um futuro que era incerto, com certeza a ansiedade apareceu.  

Mas a ansiedade durante o período pandêmico foi apenas um agravante, pois esse crescimento de acelerar do mundo já vem há muito tempo, a pandemia só foi um fermento que fez a coisa ficar mais visível. Antes mesmo de tudo isso acontecer conosco, já vivíamos em um ritmo muito acelerado.  

Controlar é o melhor caminho para desacelerar? 

Quando pensamos em situações no sentido das emoções, controlar nem sempre é o melhor caminho. Tentar controlar, ou forçar um controle, nem sempre ajuda, mas, aprender a administrar, aprender a viver e lidar com isso, sim.  

A ansiedade em si não é tão ruim, ela é natural e faz parte do nosso organismo, a questão é que as adversidades da vida moderna acabam agravando essa ansiedade. Em determinados casos, inclusive, as pessoas podem ter diagnósticos de uma síndrome do pânico, que é bem típica da ansiedade. A ansiedade, quando agravada, tem vários sintomas, como a insônia, por exemplo.  

O que não funciona? 

Tem coisas que não funcionam quando o assunto é ansiedade, como: 

- Ignorar 

- Deixar para depois 

- Achar que vai passar 

- Não fazer nada para lidar com essa situação 

Permita-se 

Dentre as atividades que realmente contribuem para uma melhora desse quadro da ansiedade está a terapia, que é algo que todos deveriam se permitir, a atividade física que seja prazerosa, escolher um hobby, entre outros. 

Aceite 

O primeiro passo para você aceitar o fato de ter uma ansiedade é começar a pensar: “eu estou em um quadro de ansiedade, isso é passageiro também”. Essa é uma visão que para 2022 cada vez mais as pessoas vão começar a assimilar, que realmente as coisas tem um início, meio e fim, tanto as boas como as não tão legais. Tudo tem um ciclo, até que se finalize.  

Sem contar que tudo é transitório, não tem nada que seja totalmente fixo ou permanente na vida. Precisamos sair das zonas de conforto e pensar em um futuro diferente.  

Já tentou ficar um pouco com a ansiedade? 

É importante escutar o que a ansiedade tem para dizer. Tudo que sentimos são mensagens que nosso corpo dá. Então se você está com essa ansiedade em excesso, alguma coisa na sua vida, internamento ou no externo, pode estar te afetando.   

É normal 

As adversidades que a vida pode trazer são normais. A pessoa que acha que vai viver sempre como se estivesse no jardim do Éden está enganada.  

Em todo lugar buscamos o felizes para sempre, mas a felicidade é um estado que alcançamos e, assim como todos os outros estados emocionais, como a própria ansiedade, ela também passa. É aí que precisamos buscar vivências que permitam sentir novamente essa emoção. É preciso viver e experimentar a vida! 

Autocompaixão 

Tem uma forma de levarmos as situações que vivemos com mais leveza. Um jeito muito simples, pelo menos intelectualmente, que dá para entender que tem como ser mais leve é você pensar sempre no seu melhor amigo, nele enfrentando a mesma situação que você, alguma dificuldade. Então você se pergunta “como ajudar um amigo nesta situação?”, e a resposta é “pense que este amigo é você”, ou seja, esteja próximo a ele e deixe que ele conte com você. Exerça a autocompaixão, olhando para você como se fosse seu melhor amigo.  

Respire 

Um novo ano está a caminho e ouço as pessoas perguntando como entrar com o pé direito em 2022. É simples, não se esquecendo do pé esquerdo. As pessoas olham o que é bom para levar para o novo ano, mas esquecem que a bagagem continua.  

Precisamos nos olhar mais, nos cuidar mais, dar mais atenção aos sinais que o nosso corpo dá e procurar ajuda quando necessário, a tempo de se libertar de um problema maior.  

Para que o futuro seja melhor precisamos realmente confiar que vai ser melhor. 

Para saber mais sobre o assunto acompanhe o episódio DESACELERE: COMO SUPERAR A ANSIEDADE? do podcast Cuidar de Você, basta acessar nosso Spotify (https://bit.ly/PodcastUnimedCG ) e Youtube (https://bit.ly/PodcastUnimedCGYoutube ).