Notícias 

Veja abaixo as principais notícias e atualizações da Unimed Paranaguá.
https://www.unimed.coop.br/site/o/sites-theme/images/cards-noticias/noticias-padrao.png

Dia Mundial da Meningite

Doença mata uma em cada 10 pessoas infectadas, principalmente crianças e jovens, e deixa uma em cinco com incapacidades de longa duração, como convulsões, perda de audição e visão, danos neurológicos e deficiência cognitiva. Pensando nisso, a Unimed Paranaguá preparou uma matéria exclusiva para você conhecer melhor a doença
Texto: Medicina Preventiva — Unimed Paranaguá
        24 de abril, 2022

A meningite é uma inflamação das meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro; é causada, principalmente, por bactérias ou vírus e nem todas são contagiosas ou transmissíveis. Em princípio, pessoas de qualquer idade podem contrair meningite, mas as crianças menores de 5 anos são mais atingidas, as meningites mais comuns são as virais e bacterianas.


Meningite Viral

A meningite viral é um tipo de meningite causada por vírus e que costuma ser mais frequente no verão e em pessoas a partir dos 15 anos de idade.  Os principais vírus associados à meningite viral são os enterovírus, o vírus Epstein-Barr e o vírus do herpes, sendo a infecção causada por esse vírus denominada meningite herpética. Além disso, no caso da meningite herpética, o vírus é capaz de provocar inflamação em várias regiões do cérebro, sendo esta condição chamada de meningoencefalite.

Meningite bacteriana

A meningite bacteriana é mais grave que a meningite viral e corresponde à inflamação das meninges causada por bactérias como Neisseria meningitidis, Streptococcus pneumoniae, Mycobacterium tuberculosis e Haemophilus influenzae.

A meningite bacteriana causada pela bactéria Neisseria meningitidis é denominada meningite meningocócica e, apesar de raro, acontece com mais frequência em crianças e idosos, principalmente quando há condições que diminuem o sistema imunológico.

Principais sintomas

A intensidade dos sintomas da meningite pode variar de acordo com a causa da inflamação das meninges. De forma geral, os principais sintomas indicativos de meningite são:

  • Febre acima de 38ºC;

  • Dor de cabeça muito intensa;

  • Rigidez no pescoço, com dificuldade para encostar o queixo no peito;

  • Manchas vermelhas no corpo;

  • Hipersensibilidade à luz;

  • Sonolência excessiva com dificuldade para acordar;

  • Confusão;

  • Convulsões.


No bebê e na criança, podem ainda surgir outros sintomas que levem os pais a desconfiar de uma possível meningite como choro alto, irritabilidade fácil, dificuldade para movimentar a cabeça e, até, moleira mais tensa, parecendo ligeiramente estufada.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito através do exame físico , exames laboratoriais como: exames de sangue  e punção lombar , além dos exames de imagens como: tomografia ou ressonância. Somente médicos devidamente habilitados podem diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios.

Tratamento

Após a avaliação médica e a análise preliminar de amostras clínicas, o paciente ficará internado e o tratamento será realizado com antibióticos específicos.


Prevenção

O melhor tipo de prevenção contra a meningite é fazer a vacinação, que protege contra os principais microrganismos que podem provocar a doença. Dessa forma, mesmo que se entre em contato com os vírus ou bactérias que geralmente causam a meningite, o risco de desenvolver a doença é muito baixo.

Fonte: Ministério da saúde 2021.

Assuntos em destaque