Notícias 

Veja abaixo as principais notícias da Unimed Paranaguá.

O que é a Síndrome do Túnel do Carpo?

Dra. Tatiana Yoko Umata Jacomel, especialista em Ortopedia e Traumatologia da Unimed Paranaguá fala sobre a Síndrome do Túnel do Carpo, seus sintomas e prevenção.
Texto: Comunicação e Marketing - Unimed Paranaguá
        26 de fevereiro, 2021

Síndrome do Túnel do Carpo

 

O que é?

A síndrome do túnel do carpo é um conjunto de sinais e sintomas causados pela compressão do nervo mediano em um canal no punho - o túnel do carpo.

Por que ocorre?

Qualquer alteração que aumente a pressão no túnel do carpo pode comprimir o nervo mediano: tendinites, luxações, fraturas, artrite reumatoide, gravidez, doenças da tireoide, menopausa, diabetes, entre outras.

Quais são os sintomas?

Dores, dormência e formigamento dos dedos (polegar, indicador, médio e anelar), fraqueza. Os sintomas podem ocorrer durante todo o dia, mas geralmente são piores à noite. O paciente pode queixar-se que não consegue pegar objetos pequenos, ou que derruba coisas com frequência.

Como é feito o diagnóstico?

Um bom exame físico é, geralmente, suficiente para fazer o diagnóstico. Pode ser necessário a solicitação de outros exames (ecografia, exames de sangue, eletroneuromiografia) para excluir outras doenças.

Qual o tratamento?

Existem dois tipos de tratamento:

  1. O conservador, com fisioterapia, medicação, uso de tala noturna, infiltração e mudança de padrão de uso da mão

  2. O cirúrgico, para “aumentar” o tamanho do túnel do carpo reduzindo a pressão, que pode ser aberto ou por via endoscópica

Como prevenir?

Não há uma medida preventiva concreta para evitar a síndrome do túnel do carpo. Podemos tentar:

  • Evitar movimentos contínuos, principalmente com o punho em flexão;

  • Fazer pausas em atividades prolongadas e repetitivas para o alongamento do punho e dedos;

  • Tratar doenças que podem causar a síndrome do túnel do carpo como diabetes, alterações de tireoide e climatério.