Notícias 

Veja abaixo as principais notícias da Unimed Paranaguá.

Você sabe o que é osteoporose?

Dra. Simone Martins Gerhardt Pereira, especialista em Ortopedia e Traumatologia da Unimed Paranaguá, fala sobre a Osteoporose e os cuidados necessários para manter os seus ossos fortes
Texto: Comunicação e Marketing - Unimed Paranaguá
        19 de fevereiro, 2021

O que é osteoporose

A osteoporose é uma doença osteometabólica que se caracteriza pela diminuição da densidade mineral óssea (DMO), tornando os ossos frágeis e suscetíveis a fraturas. É uma doença silenciosa (não apresenta sintomas), de instalação insidiosa e é progressiva, muitas vezes o primeiro sintoma é uma fratura. O osso é um tecido vivo e se renova diariamente, formando osso novo e reabsorvendo osso velho. Quando deixamos de formar osso novo e, ou, quando aceleramos a reabsorção do osso velho, acontece a osteoporose, que promove o enfraquecimento dos ossos e pode levar à fratura.

 

80% dos pacientes desenvolvem a doença pelo processo natural de envelhecimento (menopausa e andropausa), mas outros fatores devem ser levados em consideração: sexo feminino, raça, pele clara, uso de medicamentos (anticonvulsivantes, corticoides, etc.), doenças reumatológicas, alterações de tireoide, amenorreia por longos períodos, história familiar, baixo peso, imobilização prolongada, tabagismo, entre outros.

O diagnóstico é feito por radiografias, muitas vezes realizadas por outros motivos, mas o exame indicado é a densitometria óssea, que faz a dosagem da DMO e prevê o risco de fraturas.

 

Qual a importância do tratamento

 

O tratamento precoce evita as fraturas e as deformidades decorrentes da doença, gerando mais qualidade de vida. O tratamento deve ser individualizado para cada paciente, de acordo com a causa da mesma e deve ser prescrito pelo seu médico.

 

 Dicas para manter os ossos saudáveis 

  • Alimentação rica em Cálcio (leite e derivados, vegetais verde escuros e frutos do mar;

  • Exercícios de fortalecimento muscular (musculação, pilates, natação, hidroginástica);

  • Banho de sol diário, 20 minutos (para ativação da Vitamina D);

  • Parar de fumar e evitar bebidas alcoólicas;

  • Utilizar calçados com solado emborrachado;

Outras dicas:

  • Fazer adaptações em casa: barras fixas nos banheiros e corredores, evitar tapetes soltos, instalar abajur ou interruptor de luz próximo à cabeceira da cama e das portas (para evitar que o idoso precise andar no escuro);

  • Utilizar cadeiras com apoio de braço (evita que o idoso caia para os lados).