Médico Cooperado da Unimed PG conquista o Diploma Europeu de Anestesiologia e Terapia Intensiva

        01 de julho, 2024
Dr. Wagner Crensiglova no Congresso Europeu de Anestesiologia de 2024, realizado em Munique, na Alemanha. 

O anestesiologista Wagner Crensiglova, médico cooperado da Unimed Ponta Grossa, conquistou o Diploma Europeu de Anestesiologia e Terapia Intensiva (EDAIC – European Diploma in Anesthesiology and Intensive Care). Esta certificação, emitida pela Sociedade Europeia de Anestesiologia (ESA) com apoio da Federação Mundial das Sociedades de Anestesiologia, é um reconhecimento de excelência no campo da anestesiologia.

A entrega do diploma ocorreu no Congresso Europeu de Anestesiologia de 2024, que certifica os concluintes do ano anterior. Para Dr. Wagner Crensiglova, o desenvolvimento profissional foi um dos principais motivos para buscar o EDAIC. "Tive a oportunidade de participar, realizar os cursos e me atualizar no congresso. Este é um dos maiores eventos da especialidade e conferir as últimas novidades e compartilhar experiências com especialistas renomados é, sem dúvidas, uma experiência incrível", afirma o anestesiologista.

Todo o processo para a obtenção do EDAIC durou cerca de dois anos e incluiu duas etapas de avaliação, que exigiam mais de 80% de acertos. Dr. Wagner teve êxito em ambas as etapas na primeira tentativa. A jornada começou em 2020 com a conquista do Título Superior em Anestesiologia (TSA), a titulação máxima da Sociedade Brasileira de Anestesiologia. “Me preparei especialmente para esta certificação, participar da cerimônia de premiação e receber o diploma foi uma realização”, comenta
A titulação internacional visa alcançar um padrão uniformemente alto de conhecimento entre os anestesiologistas, conforme julgado por um conselho independente de examinadores. Nos países europeus, diferentemente do Brasil, a especialização em anestesiologia abrange também a área de terapia intensiva e medicina interna, explorando conteúdos desde os mais elementares até os mais especializados.

A Diretora de Mercado e Relacionamento com o Cooperado, Dra. Michele Cação Ribeiro fala sobre a importância deste aperfeiçoamento contínuo dos médicos cooperados. "É um grande orgulho para a Unimed Ponta Grossa contar com médicos tão competentes. Reafirmamos nosso compromisso com a formação contínua e o desenvolvimento profissional de todos. A excelência de nosso atendimento é reflexo do empenho e dedicação de cada um, e nosso apoio constante à educação e aperfeiçoamento é uma prioridade que nos guia".

O EDAIC é visto como um certificado de excelência, com poucos profissionais, tanto no Brasil quanto na Europa, detendo essa titulação. Junto com Crensiglova, havia ainda mais dois médicos brasileiros, que completavam o time representando o país. A prova do EDAIC começou a ser aplicada fora da Europa em 2017. Em 2016, a Sociedade Brasileira de Anestesiologia firmou um acordo com a Sociedade Europeia de Anestesia (ESA) para que a prova escrita do EDAIC fosse disponibilizada em língua portuguesa e realizada no Brasil. O certificado funciona como um título de excelência profissional no Brasil e na Europa, sendo considerado um dos mais importantes em todo o mundo.