Notícias

https://www.unimed.coop.br/site/o/sites-theme/images/cards-noticias/noticias-padrao.png

Unimed Intrafederativa Sul de Minas realiza Encontro de Contadores

Texto: Unimed Intrafederativa Sul de Minas
        03 de maio, 2022

No dia 27 de abril, foi realizado, de forma remota, o Encontro de Contadores das Unimeds do Sul de Minas. Na ocasião, estavam presentes gerentes e profissionais da área técnica contábil das Unimeds associadas, representantes da Unimed Federação Minas e da Unimed do Brasil.

Na programação constou o tema “As mudanças da contabilização conforme a RN 472 de 29/09/2021”, Tributação do ato auxiliar” e “RN 443”.

José Carlos da Silva Junior, assessor contábil da Unimed do Brasil abordou amplamente os temas, Novo Plano de Contas Contábeis Padrão ANS – RN 472  

Durante a apresentação destacou os ajustes das nomenclaturas, criação de novas contas para alocação dos registros contábeis, contabilização das autogestões e Reformulação dos Procedimentos Previamente Acordados – PPA.
Saulo Lacerda, gerente atuarial e acompanhamento econômico financeiro da Unimed do Brasil, tratou sobre a RN 443, levando a uma reflexão para enxergar o alcance da norma no que tange a gestão de riscos e partes relacionadas.
Durante a apresentação foi destacado a importância das Unimeds se estruturarem com pessoal nas áreas de compliance e gestão de riscos para as análises, tratativas e acompanhamentos de todo escopo exigido pela RN 443.  Foi destacado a importância do envolvimento de todos os setores da Unimed inclusive da alta administração para que o programa de gestão de risco e compliance tenha eficácia.

Fabiano Ferreira Campos, assessor contábil da Unimed Intrafederativa Sul de Minas, além de sua contribuição nos temas apresentados acima, destacou o tema polêmico, “O Tratamento Tributário do Ato Cooperativo no Sistema Unimed.

Em sua explanação, destacou a mudança do entendimento jurisprudencial acerca do tema sendo que atualmente o que vem sendo sedimentado na jurisprudência é a classificação do ato auxiliar como ato tributável para o IRPJ e CSLL.  O adequado tratamento tributário do ato cooperativo não implica em isenção a hermenêutica adotada é sobre a neutralidade tributária e não isenção tributária do ato auxiliar.

Enriquecendo muito o nível das discussões, tivemos Mariza Moreira Lopes da Costa da gestão de controladoria da Unimed Federação de MG e Keila Maria Dixini Zacaroni, contadora desta Intrafederativa.

O Encontro contou com a participação de mais de 58 participantes de 15 Unimeds da região, também representantes da Unimed Federação Minas e Unimed do Brasil. O próximo encontro ainda não tem data programada, porém espera-se que os resultados continuem em constante crescimento.

Busque por Tema

Escolha um dos temas abaixo para exibir notícias relacionadas: