Guia Médico

Encontre um médico e outros recursos da Unimed, sempre perto de você.

Dúvidas sobre qual plano adquirir? 

Conheça nossos planos e veja qual opção se adequa melhor ao seu perfil.
Imagem de capa do card

Hospital Unimed Vitória

Todas as etapas do seu tratamento em um único lugar. Acreditação com Excelência Nivel 3, da Organização Nacional de Acreditação (ONA).

Imagem de capa do card

Unidades Unimed Vitória

Nossas unidades próprias atuam de forma interligada em uma estrutura única e exclusiva, formando assim o CIAS - Complexo Integrado de Atenção à Saúde, com o objetivo de  ofertar aos nossos beneficiários uma rede de serviços completa.

Notícias

Esteja por dentro dos últimos acontecimentos de nossa cooperativa.
https://www.unimed.coop.br/site/o/sites-theme/images/cards-noticias/noticias-padrao.png

Lá vem o Inverno: cuide-se para escapar das doenças respiratórias

É importante evitar locais com grande concentração de pessoas e pouca ventilação
Texto: Unimed Vitória
        20 de junho, 2022

O dia 21 de junho marca o início do inverno, e a queda nas temperaturas já tem sido percebida nas últimas semanas. Durante a estação, é comum o aumento de doenças alérgicas e infecciosas transmitidas por vírus e bactérias, assim como a irritação das mucosas do sistema respiratório devido ao clima frio e seco. As doenças populares que surgem nessa época parecem inofensivas, mas suas complicações podem ser inesperadas.

Resfriado, crises de rinite, sinusite, asma e pneumonia são algumas das enfermidades mais comuns nesta época do ano. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a gripe causa consequências graves em cerca de 3,5 milhões de pessoas por ano. Os sintomas das doenças que surgem no inverno são parecidos e podem causar dúvidas e confusão com outras enfermidades. 

A pneumologista da Unimed Vitória Cilea Victoria Martins ensina alguns cuidados de prevenção para quem sabe que tem doenças respiratórias. “Os pacientes com asma, rinite e enfisema devem fazer um tratamento contínuo para ter um inverno sem problemas usando corretamente suas medicações. Caso tenham sinais de gripe, após três dias seguidos de sintomas, deve realizar o exame de PCR nasal para afastar e esclarecer as chances de ser Covid-19 ou outras viroses, tendo um tratamento acompanhado para evitar complicações”.  

Cilea explica que é comum confundir crises de alergia com viroses, mas algumas diferenças podem ajudar a identificar corretamente. “A gripe sempre deixa um estado de fadiga, febre e mal-estar, por exemplo. Já a rinite causa coriza com a mudança do clima. Casos de sinusite ou virose associada também podem apresentar febre. É recomendado sempre ter contato com um médico caso a pessoa já tenha doenças crônicas”, alerta a especialista. 

Alguns grupos de pessoas são mais suscetíveis às infecções por vírus e bactérias durante a época de frio. “Os pacientes com deficiência imunológica, vírus da imunodeficiência humana (HIV), diabéticos, asmáticos, com rinite severa e enfisema pulmonar fazem parte do grupo mais afetado. Os cardiopatas e as pessoas com doenças autoimunes também são mais sensíveis”. 

Algumas dicas podem ajudar a evitar doenças respiratórias: 

- Evite locais fechados, com grande concentração de pessoas e sem ventilação
- Em casa, não acumule itens que juntam poeira e mofo e pioram as alergias
- Mantenha as janelas abertas para permitir a circulação do ar
- Beba bastante água e tenha uma boa alimentação que inclua frutas e hortaliças
- Pratique exercícios. Fazer uma atividade física otimiza a saúde de quem sofre com as doenças respiratórias crônicas, como bronquite, rinite, asma e condições mais graves, como o enfisema pulmonar

Conheça alguns de nossos serviços

Canais de Atendimento

Responsive Image