Voltar

Mitos e verdades sobre o coração

Mitos e verdades sobre o coração

Você conhece os fatores de risco para doenças que afetam o coração? Atletas estão livres de doenças cardíacas? Café faz mal? Descubra tudo neste quiz

Mitos e verdades sobre o coração

28 Setembro 2018

Você sabe qual é a função do coração? A função desse músculo é bombear o sangue arterial, oxigenado, originário nos pulmões, para o corpo. E também fazer o processo inverso: reenviar o sangue venoso, desoxigenado, que chegou até o coração, para os pulmões, a fim de que seja novamente enriquecido com oxigênio. Portanto, esse órgão tem grande importância para a saúde e merece de fato uma atenção especial. Aproveite este quiz e tire suas dúvidas sobre esse órgão tão importante.

 

1 - As emoções influenciam na saúde do coração.

Informação adicional:
Tristeza, raiva, ansiedade, depressão, solidão e síndrome do pânico também o são fatores de risco para doenças do coração. Estudos nacionais e internacionais comprovam que as emoções estão cada vez mais associadas aos problemas do coração. O estresse também entra nessa lista. Ele pode ser identificado quando há sensações de medo, desconforto, preocupação, irritação, frustração, indignação ou nervosismo. Como consequência, as pessoas podem apresentar ritmo cardíaco acelerado, arritmia, tremores, tontura, suor excessivo e respiração acelerada.

2 - O riso também colabora para a saúde do coração.

Informação adicional:
Pesquisas sugerem que o riso pode diminuir os hormônios do estresse, da ansiedade, reduzir a inflamação das artérias e aumentar o HDL, o colesterol "bom". Por isso, também é visto pelos médicos com um aliado para a saúde do órgão.

3 - Ter uma alimentação balanceada não influencia na saúde do coração.

Informação adicional:
Ter dieta e estilo de vida saudáveis são as melhores maneiras de combater as doenças cardiovasculares. Coma furtas, legumes e verduras regularmente; inclua grãos e alimentos integrais na sua alimentação; consuma peixe que contém ômega 3; evite bebidas alcoólicas e reduza a gordura saturada, assim como sal e açúcar.

4 - O sedentarismo não é fator de risco para doenças cardíacas.

Informação adicional:
O sedentarismo ainda é considerado o mal do século e é um dos fatores de risco para doenças cardiovasculares. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, o corpo foi programado para funcionar melhor quando recebe estímulos. As funções vitais também acontecem de maneira mais regular e com menor desgaste quando a pessoa é ativa. Portanto, um corpo sedentário funciona mal e sobrecarrega os órgãos. Por isso, a atividade física regular previne e melhora problemas como diabetes, hipertensão, obesidade e colesterol.

5 - Os atletas estão fora do grupo de risco para doenças cardíacas como arritmias cardíacas ou até morte súbita?

Informação adicional:
De acordo com a Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíaca, os atletas profissionais e pessoas que têm uma vida ativa e saudável também podem ser vítimas de uma arritmia cardíaca decorrente, entre outros fatores, da genética e constituição própria do coração. Muitas vezes, por ser difícil de ser diagnosticada, a doença passa despercebida.

6 - Café faz mal à saúde

Informação adicional:
De modo geral, o café não faz mal à saúde. O consumo só não é indicado para quem é sensível à cafeína e apresenta taquicardia após o consumo, ou para pessoas que sentem azia ou dor de estômago. Estudos indicam que o consumo moderado de café pode trazer benefícios para a saúde cardiometabólica, pois diminui o risco de mortalidade cardiovascular e os níveis elevados de pressão arterial.

7 - As gorduras da dieta causam danos à memória e ao coração.

Informação adicional:
Nem toda gordura causa problemas à saúde. As gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, presentes no azeite de oliva e nos peixes, podem ser benéficas ao sistema cardiovascular e à memória.

Fim do teste

Você acertou das questões
Clique no botão abaixo para refazer o teste.

Texto: Jailde Barreto / Design: Alex Mendes e Gustavo Deip

Fonte: Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíaca, Sociedade Brasileira de Cardiologia e Associação Americana do Coração.

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (3 Votos)

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em