Voltar

Fritadeira elétrica e micro-ondas: mitos, verdades e saúde

Fritadeira elétrica e micro-ondas: mitos, verdades e saúde

Quer preparar os alimentos da forma mais saudável e segura possível? Desmistificamos o uso do micro-ondas e da fritadeira elétrica

Fritadeira elétrica e micro-ondas: mitos, verdades e saúde

19 Outubro 2020

Desde que a fritadeira elétrica, ou fritadeira sem óleo, surgiu, uma nova opção apareceu: preparar alimentos saborosos de forma mais saudável. Mas será que é assim mesmo que funciona? Aproveitamos para responder a essa pergunta e tirar outras dúvidas sobre os eletrodomésticos da cozinha. Vem com a gente!

 

Fritadeira elétrica é saudável?

Mitos e verdades sobre micro-ondas

Qual é o melhor equipamento para cozinhar?

Receita de pasta de berinjela na fritadeira elétrica

Receita de chips de batata de micro-ondas

 

Fritadeira elétrica é saudável?

airfry

A fritadeira elétrica é usada para preparar alimentos que parecem fritos, mas não usam nenhum ou menor quantidade de óleo do que a fritura em imersão. Podemos concluir, então, que alimentos preparados nela são mais saudáveis? Sim e não.

Sim porque ela cozinha/frita os alimentos usando ar. Se comparada à fritura em imersão de óleo, os alimentos absorvem menos gorduras – que podem ser prejudiciais ao organismo e aumentar a taxa de colesterol.

Quer saber sobre colesterol nas crianças? Confira esta matéria.

Não porque muitas vezes o que determina a saudabilidade do alimento é o próprio alimento e não seu preparo. Quer ver um exemplo? Os frangos empanados ultraprocessados já são pré-fritos e contêm gordura na composição. Preparar o alimento na fritadeira elétrica só evita que ele absorva ainda mais óleo, mas não o torna saudável.

Em resumo, a fritadeira sem óleo é uma ótima alternativa à fritura e proporciona praticidade, além de permitir variar as formas de preparo dos alimentos. Mas é importante se atentar aos tipos de produto que você consome.

As regras para a alimentação saudável são simples: variedade e equilíbrio. Podemos comer de tudo, com preparos das mais variadas formas, mas mantendo um balanço de nutrientes.

 

Mitos e verdades sobre o micro-ondas

mulher na frente do micro-ondas

Tal como a fritadeira sem óleo, o micro-ondas é fonte de muitas dúvidas. Micro-ondas é prejudicial à saúde? É cancerígeno? Os alimentos perdem nutrientes? Vamos entender.

O cozimento no micro-ondas não é, por si só, prejudicial à saúde. O que pode acontecer ao esquentar um alimento é a perda de nutrientes, mas isso acontece em todos os tipos de cozimento.

Aplicar alta temperatura em um alimento ou ferver um ingrediente causa uma mudança na composição, não importa qual seja o eletrodoméstico usado, alguns nutrientes se vão, outros têm seus benefícios potencializados. Quanto mais tempo e mais alta a temperatura ao qual o alimento é exposto, mais perda pode acontecer.

A dúvida quanto ao fator cancerígeno ocorre por conta de um elemento chamado acrilamida. Foi descoberto que a acrilamida se forma quando alimentos ricos em amido (batata, biscoitos, entre outros) são cozidos ou fritos. Ela é considerada potencialmente cancerígena, mas sua formação não é exclusiva do micro-ondas e pode ocorrer também na fritadeira elétrica, no forno, panela, entre outros. Sempre evite o aspecto tostado destes alimentos, prefira o dourado.

Se sua preocupação é a perda de nutrientes, que tal cozinhar os alimentos no vapor? E, mais importante: variar as formas de preparo dos alimentos pode contribuir para uma dieta mais equilibrada.

O recipiente em que vai esquentar a comida é importante. Caso opte por usar tigelas de plástico, garanta que sejam livres de BPA (bisfenol A), que pode ser liberado com o calor e fazer mal ao organismo. Dê preferência aos de vidro e louça.

 

Qual é o melhor equipamento para cozinhar?

mulher cozinhando

Não existe um equipamento certo para cozinhar. Em todos os tipos de preparo, podem ocorrer mudanças na composição.

A alimentação saudável está em garantir variedade nos pratos, nos preparos, nos sabores e cores.

Alterne os métodos de cozimento entre a fritadeira sem óleo, o micro-ondas, o forno, o fogão, os alimentos crus, entre outros. Equilíbrio é a palavra-chave!

Para ajudar, confira duas receitas diferentes para você.

 

Receita de pasta de berinjela na fritadeira elétrica

babaganush

Confira essa receita de pasta de berinjela, ou babaganush, feita na fritadeira sem óleo:

Lista de ingredientes

  • 2 berinjelas
  • 1 dente de alho
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 2 colheres de sopa de tahine (pasta de gergelim árabe)
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal, páprica e pimenta a gosto

Modo de preparo

  1. Lave bem as berinjelas e seque-as.
  2. Com uma faca, faça alguns furos e coloque-as na fritadeira sem óleo por 15 minutos a 200 °C.
  3. Feito isso, retire as berinjelas da fritadeira e coloque-as em uma travessa.
  4. Corte-as ao meio e, com o auxílio de uma colher, retire toda a polpa.
  5. As cascas podem ser descartadas.
  6. Coloque a polpa da berinjela e os demais ingredientes em um mixer ou processador de alimentos, até que se torne uma pasta.
  7. Transfira a pasta para outro recipiente e deixe esfriar ou coloque na geladeira para servir gelado.
  8. Na hora de servir, regue com um fio de azeite e salpique páprica, pimenta e cebolinha por cima.

Fonte: Receitaria

 

Receita de chips de batata de micro-ondas

chips de batata

Essa batata em formato de chips é superprática!

Lista de ingredientes

  • 1 batata média e comprida
  • Sal a gosto
  • Um pouquinho de óleo/azeite (opcional)

Modo de preparo:

  1. Forre o prato do micro-ondas com duas folhas de papel-toalha.
  2. Fatie a batata (doce ou comum) bem fininha – é bom usar uma lâmina, para que fiquem todas da mesma espessura.
  3. Distribua as fatias sobre o papel-toalha, com o cuidado de não sobrepor umas sobre as outras.
  4. Se preferir, pingue um pouquinho de azeite/óleo só para deixar mais saborosa.
  5. Ligue na potência máxima por 3 minutos.
  6. Vire as batatinhas e coloque mais 2 minutos.
  7. Tempere com sal e pimenta a gosto.

Texto: Agência Babushka | Edição e Revisão: Unimed do Brasil

Fonte: USP, BBC, Uol, G1, Bem-estar

Revisão técnica: equipe médica da Unimed do Brasil


Média (11 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em