Voltar

Prepare o organismo para o horário de verão

Prepare o organismo para o horário de verão

Se você está no time das pessoas que sentem dificuldade para adaptar o relógio biológico às mudanças, experimente colocar em prática algumas recomendações.

Prepare o organismo para o horário de verão

11 Outubro 2016


Ao longo do mês de setembro a enquete do Canal Viver Bem foi: “O que você costuma sentir com a chegada do horário de verão?”. Das 191 respostas obtidas, 39% leitores afirmaram “Dificuldade para dormir”, 12% “Falta de apetite nas refeições principais”, 28% mencionaram “Mais disposição durante o dia” e 20% assinalaram “Não sinto nenhuma alteração”. 

A pergunta se deve ao fato da mudança de horário estar próxima: na virada de 15 de outubro (sábado) para 16 de outubro os relógios das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem ser adiantados em uma hora.

Embora o novo horário possa ser visto como um convite para aproveitar de forma mais intensa as horas de sol disponíveis ao final do dia, servindo de estímulo para programar atividades ao ar livre com a família e amigos, há quem relate dificuldade para adaptar o relógio biológico, que é o comportamento fisiológico do organismo regido pela sequência das horas do dia. Para minimizar qualquer incômodo vale aplicar algumas recomendações: 

Organize seus horários, principalmente na primeira semana da mudança. Fixe horários para todas as suas atividades e tente respeitá-los ao máximo.

Evite fazer exercícios físicos, ingerir cafeína e comida pesada três horas antes de dormir.

Para garantir uma boa noite de sono, verifique se o ambiente está totalmente escuro, silencioso e com temperatura agradável. Vá para a cama no mesmo horário e concentre-se na missão de dormir.

Mesmo sem sentir fome nos horários habituais, faça refeições mais leves, mas não deixe de almoçar ou jantar no mesmo horário de costume. 

No primeiro domingo, deixe todas as coisas organizadas para o dia seguinte, pois a mudança de horário pode gerar correria. Tendo tudo em mãos, a segunda-feira começará tranquila. 


Texto: Rafaela Fusieger / Designer: Ana Carla Bortoloni

Fonte: Ministério da Saúde

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (1 Votar)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em