Voltar

Philips Research visita CEPAS para conhecer estrutura de medicina preventiva

Philips Research visita CEPAS para conhecer estrutura de medicina preventiva

Philips Research visita CEPAS para conhecer estrutura de medicina preventiva

27 Março 2014

A Philips Research está fazendo uma pesquisa para o desenvolvimento de produtos e soluções voltadas à promoção da saúde. No dia 7 de março, um grupo de pesquisadores e consultores da empresa esteve na Unimed Blumenau para conhecer a estrutura de medicina preventiva e de cuidado aos pacientes crônicos desenvolvido na Cooperativa.

A Unimed Blumenau foi representada no encontro pela então superintendente, Maura Cucco e pelo médico cooperado, Tiago Padilha. Também participaram o gerente de Inovação & Tecnologia, Esdras Floriani Holderbaum, Jefferson Alves da Silva, da Área de TI Projetos, a coordenadora do CEPAS, Jany Luz da Silva e a diretora técnica da Unidade, Suzana Detoie Gums, que acompanharam os trabalhos pela parte da manhã, quando foram realizadas as apresentações das estruturas da Unimed, do CEPAS e da Philips Research.

Representando a Philips, estiveram presentes Gijs Geleijnse e Jennifer Caffarel, (cientistas), Clara Correia Martins, consultora da Interaction Design Consultant na Philips Design & Research e Fabrício Correia Martins, do acompanhamento da Philips Brasil. À tarde, o grupo acompanhou o trabalho realizado pelo CEPAS, incluindo a visitação à casa de um paciente crônico e entrevistas com as enfermeiras dos programas.

"Para promover saúde e prevenir riscos e doenças é fundamental a estruturação das informações disponíveis, para definição do perfil epidemiológico da população assistida, bem como ter uma ferramenta que viabilize as intervenções é essencial para o sucesso do negócio. A visita da Philips promoveu uma troca importante e esperamos ter contribuído com o trabalho em andamento" destacou a coordenadora do CEPAS, Jany Luz da Silva.

Para o gerente de Inovação & Tecnologia, Esdras Floriani Holderbaum, a visita foi muito proveitosa. "Tivemos muitas trocas de informações e o mais importante é entender que estamos contribuindo com um produto de inovação no ambiente da saúde. Compartilhamos várias ideias e pudemos notar que estamos no caminho certo. Na visão deles estamos com o pensamento maduro. Não estamos apenas pensando em resolver os casos em curto espaço de tempo, mas sim, pensando no futuro e como a medicina preventiva pode ajudar na perenidade e sustentabilidade do negócio", reforçou o gerente.

Outro item que chamou a atenção da Cooperativa é que o projeto desenvolvido pela Philips terá que obrigatoriamente atender as exigências que ANS para com as Operadoras de Saúde. "Devemos realizar em breve uma videoconferência para fechar a parte de tecnologia da informação", antecipa Esdras.


Comunicação