Voltar

Oficina ANS e Projeto Cor-Ação

Oficina ANS e Projeto Cor-Ação

Oficina ANS e Projeto Cor-Ação

3 Novembro 2020

Unimed Blumenau participa de oficina da ANS com projeto Cor-Ação

O projeto-piloto de cuidado cardíaco está sendo acompanhado pela Agência Nacional de Saúde suplementar desde janeiro

 

A Unimed Blumenau participou no mês de outubro, com o projeto Cor-Ação, desdobramento da implantação da metodologia Diagnosis Related Groups (DRG), da segunda Oficina Virtual de Aprendizagem Coletiva do Projeto Modelos de Remuneração Baseados em Valor da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O objetivo do evento foi dar continuidade ao compartilhamento das experiências para o aprimoramento dos projetos e a discussão sobre o tema da saúde baseada em valor no contexto da pandemia do novo coronavírus. Oito operadoras apresentaram experiências, resultados e indicadores neste segundo ciclo.

O projeto Cor-Ação foi a primeira linha de cuidado da metodologia DRG, um sistema de classificação de pacientes em grupos de complexidade para melhor gestão clínica e desempenho assistencial, existente na cooperativa desde setembro de 2019. A proposta está sendo acompanhada pela ANS desde janeiro deste ano e tem como estratégias principais a detecção e o monitoramento de pacientes com risco de doenças cardiovasculares em atenção primária; oferta de cuidado seguro ambulatorial e hospitalar, fazendo também o monitoramento clínico de pacientes após alta médica; e ainda o encaminhamento para programas de promoção à saúde da cooperativa.

A governança clínica da linha de cuidado cardiológica com a construção do projeto Cor-Ação aprimora a comunicação entre a Unimed Blumenau e seus prestadores e médicos cooperados. O projeto contribui para o aumento da qualidade assistencial, trazendo ainda mais eficiência ao sistema de gestão da cooperativa. 

 

DRG e linhas de cuidado

 

Em 2020 a Unimed Blumenau iniciou o desenvolvimento de projetos-piloto focados no atendimento de pacientes cirúrgicos (piloto no Hospital Unidade Centro), pacientes com queixas determinadas que buscam o pronto atendimento (piloto no Pronto Atendimento Vila Nova) e pacientes com risco cardíaco (piloto com o prestador Hospital Santa Catarina). Neste modelo assistencial, o paciente é acompanhado de forma integral em todos os níveis de atenção, desde medidas de prevenção, tratamentos, reabilitação e até a reinserção na comunidade. As linhas de cuidado contribuem para o aumento da qualidade assistencial, responsável e humanizada, promovendo integração sistêmica e ainda mais eficácia no sistema de gestão da Unimed Blumenau.