Voltar

Eu enjoo na viagem. O que fazer?

Eu enjoo na viagem. O que fazer?

O movimento do carro ou do barco causa mal-estar em você? Pode ser cinetose. Entenda por que isso acontece e como prevenir

Eu enjoo na viagem. O que fazer?

19 Abril 2019

Aquele enjoo que costuma incomodar muitas pessoas quando estão viajando, seja de carro, ônibus, avião, barco ou até metrô, e que surge também no parque de diversões e no cinema, quando a projeção é feita em três ou mais dimensões e requer o uso de óculos de realidade virtual, pode até parecer frescura, mas tem por trás uma disfunção no organismo.

Trata-se de cinetose, mais conhecida como enjoo de movimento. Ela pode levar ao vômito e geralmente vem acompanhada de outros sintomas, como palidez, sudorese, dor de cabeça, tontura e sensação de desmaio. O problema se manifesta quando o cérebro recebe informações desencontradas da visão, do ouvido interno (onde fica o labirinto) e dos nervos periféricos em relação à movimentação do corpo.

Quando alguém que sofre com o problema lê uma revista ou livro dentro de um carro em movimento, por exemplo, o cérebro dela recebe a informação da visão de que ela está parada. Porém, o labirinto envia para o cérebro a mensagem de movimento. Diante desse conflito de informações e da dificuldade do cérebro em interpretar qual é o real estado de movimento do corpo, a pessoa passa mal. Em casos mais graves, a síndrome pode provocar, inclusive, queda na pressão arterial, desequilíbrio corporal e desidratação.

Pessoas sem qualquer problema de saúde e de todas as idades, mas principalmente crianças, podem ser impactadas por esse problema. Especialistas afirmam que quem sofre com enxaqueca costuma ser mais suscetível.

 

 

A importância de diagnosticar e tratar

Diante da manifestação do problema, a principal orientação é procurar um médico otorrinolaringologista, que avaliará o paciente e poderá pedir alguns exames. Há casos em que um neurologista também deverá ser consultado.

O tratamento deve ser individualizado e pode incluir o uso de medicamentos que aliviam os sintomas relacionados ao enjoo, para o estômago e supressores vestibulares. Algumas atitudes preventivas também são fundamentais.

 

Veja o que pode ser feito para evitar a manifestação da cinetose:

  • Antes de embarcar, consuma apenas alimentos leves e esteja bem hidratado
  • Não se alimente em movimento
  • Não leia ou mexa no celular durante as viagens
  • Se adulto, priorize sentar nos bancos da frente do carro e mantenha-se olhando sempre para a frente
  • Fixe o olhar em pontos próximos ao horizonte
  • Coloque as crianças em assentos elevados no banco de trás do carro, perto da janela, para que consigam olhar para o horizonte
  • Mantenha o ambiente ventilado
  • Em van, metrô ou trem, não sente de costas para a direção em que o veículo se locomove
  • No avião, prefira os assentos próximos às asas, e no navio, prefira ficar no meio da embarcação, regiões que sofrem menos movimentos
  • Evite ingerir bebidas gasosas e alcoólicas antes das viagens
  • Em parques de diversões, evite comer antes de entrar em brinquedos com movimentos bruscos

 


Texto: Karina Fusco | Edição: Thaís Guimarães de Lima | Design: Alex Mendes e Fernanda Assato

Fonte: American Academy of Family Physicians, Hospital Albert Einstein, Hospital Sírio Libanês, Universidade Federal de São Paulo e Conselho Regional de Medicina de Pernambuco

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (5 Votos)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em