Voltar

Judô Comunitário

Judô Comunitário

Conheça alguns dos Projetos de Responsabilidade Social da Unimed Brusque

Judô Comunitário

Conheça alguns dos Projetos de Responsabilidade Social da Unimed Brusque

6 Setembro 2017

A Unimed Brusque realiza desde 2005 o Projeto Judô Comunitário, na localidade do Ribeirão Tavares, no bairro Limeira, em Brusque. O objetivo é, através do esporte, oferecer aos jovens da comunidade a prática de atividade física e valores como respeito, disciplina e equilíbrio, sendo uma das poucas opções de lazer no local. O projeto atende crianças e adolescentes de 4 a 15 anos e para permanecer no programa os alunos também precisam comprovar a presença e o bom desempenho escolar.

O Judô Comunitário iniciou como apoio a uma ação realizada pela prefeitura na época, que com o passar do tempo teve maior incentivo da Cooperativa, que o mantém até hoje.  Além de ser responsável pelos quimonos e faixas, a Unimed Brusque passou a viabilizar o investimento com o professor e as despesas de manutenção do projeto, bem como realizou melhorias na parte estrutural onde o mesmo é realizado.

E todos esses investimentos não seriam possíveis sem os clientes Unimed, que acreditam na Cooperativa e automaticamente também contribuem para esse e os demais projetos sociais da mesma. 

“É um projeto que tem crescido a cada ano e vimos o quanto as crianças conseguiram se desenvolver, percebemos que algumas estão desde o início do projeto e hoje são adolescentes, estão indo para o ensino médio, mas permanecem na prática das atividades. Vimos o quanto elas aprenderam a ver o judô não como uma luta, mas sim como uma arte de princípios, valores e que trabalha com a educação dessas crianças”, comenta a coordenadora da área de Responsabilidade Social da Unimed Brusque, Camile Rebeca Bruns.

 

Mudança de vida

Entre os que participam desde o início está Letícia Regina Amorim, de 14 anos. Ela foi uma das que começou com 6 anos e não pensa em desistir do Judô Comunitário, tão cedo. “O judô me ajudou muito em especial na parte do equilíbrio, e a ter uma coordenação motora melhor. É muito bom poder ter essa opção de atividade, escolhi estar aqui e com pessoas que gosto muito de conviver ou invés de estar na rua. Meus pais me incentivaram bastante e é muito bom fazer parte desse projeto”, comenta a adolescente.

O aluno Abner Tavanati Mariano, também de 14 anos, foi outro jovem que começou cedo no judô, aos 5 anos. Segundo ele o projeto foi uma grande oportunidade de crescimento e aprendizado. “Aprendi a ser mais educado, a respeitar os mais velhos, a controlar meu peso e saber usar o esporte a meu favor. Adoro participar, sempre vou aos campeonatos e pretendo continuar. Penso até em fazer uma faculdade de educação física no futuro e o judô sem dúvida vai me ajudar muito nisso”, comentou.

Para o professor, Odirley da Silva Simas o projeto da Unimed Brusque tem sido cada vez mais transformador na vida dos jovens do local, em especial quanto à questão de valores. “O judô traz a disciplina, o respeito, a educação para essas crianças. Aqui orientamos esses jovens sobre virtudes e também contra as drogas, pois tiramos a criança do convívio das possibilidades de coisas ruins e trazemos elas para um ambiente saudável, de motivação. Sem dúvida cada vez mais me motivo a continuar nesse projeto que transforma tantas vidas. Agradecemos muito à Unimed Brusque e a todos que contribuem para esse projeto, por todo o apoio ao longo desses anos, e também às famílias que incentivam seus filhos a continuar”, declara o professor.

Para 2019, as expectativas são de que o projeto possa ampliar algumas atividades e que sejam desenvolvidas ações tanto com as crianças como com a comunidade local também.


Assessoria de Comunicação Unimed Brusque