Voltar

AGE digital regulamenta reserva de contingência para enfrentamento da Covid-19

AGE digital regulamenta reserva de contingência para enfrentamento da Covid-19

AGE digital regulamenta reserva de contingência para enfrentamento da Covid-19

31 Março 2021

Os delegados e representantes de 21 Singulares, das 22 do estado, reuniram-se no último dia 29, para regulamentar a reserva solidária de contingência das Unimeds do estado, assim como a reserva de contingência da Federação. Essas reservas foram aprovadas, respectivamente, na última AGO, ocorrida no dia 5 de março, e na última reunião do Conselho Federativo do ano passado, ocorrida em dezembro.

A reserva solidária de contingência das Unimeds soma R$ 30.181.169,00 e a da Federação R$ 13,7 milhões. A primeira tem por objetivo o apoio às Singulares para enfrentamento dos efeitos da pandemia da Covid-19, de modo a “garantir recursos de apoio em ações assistenciais para prover o atendimento aos beneficiários frente à sobrecarga no sistema de saúde e impactos na sua rede assistencial própria ou terceira”, define o regulamento. Além de auxiliar na sustentabilidade das Singulares frente aos impactos econômico-financeiros causados pela pandemia.

O montante de R$ 30.181.000,00 refere-se a R$18.181.169,00 das sobras apresentadas na AGO, de março, e mais a suplementação, também definida na mesma AGO, feita pelo Conselho de Administração da Unimed Paraná, de R$ 12 milhões, transferidos da própria reserva de contingência da Federação. Essa reserva da Federação havia sido definida no Conselho Federativo de dezembro e totalizava R$ 25,7 milhões.

Além dos objetivos, a finalidade e a liquidação da reserva também estão detalhados. Ficou definido que o gerenciamento e as determinações necessárias para dar execução à finalidade da reserva é competência do Conselho de Administração da Unimed Paraná, o que inclui custeio de disponibilidade de leitos para ampliação da capacidade de atendimento a pacientes Covid e a aquisição e/ou locação de respiradores, monitores e bombas de infusão para ampliação da capacidade de atendimento a esses pacientes. Os equipamentos adquiridos serão disponibilizados na forma de comodato, segundo os termos de contrato específico com as Singulares. A reserva é indivisível entre as Singulares e os termos de devolução serão definidos em outra ocasião. Até agora, já foram investidos cerca de R$ 6 milhões entre compra de equipamentos e custeio de leitos extra.

No que diz respeito à Federação, sua reserva de contingência ficou definida em R$ 13,7 milhões. A principal finalidade é reverter societariamente o montante necessário para cobrir eventual déficit operacional apurado ao final do exercício 2021. Também compete ao Conselho de Administração da Unimed Paraná o gerenciamento e as determinações necessárias para dar execução à finalidade da reserva. Não havendo necessidade de sua utilização, e ou utilização parcial, “o valor contábil da reserva de contingência retorna em item de pauta especifico, para redestinação pela Assembleia Geral Ordinária de 2022”, conforme regulamento. As duas propostas, que tratavam, respectivamente, sobre a regulamentação da reserva solidária das Singulares e da reserva de contingência da Federação, foram aprovadas por unanimidade.


Assessoria de Imprensa

Fonte: Unimed Paraná