Voltar

Em meio às dificuldades da pandemia, solidariedade fala mais alto na Unimed Paraná

Em meio às dificuldades da pandemia, solidariedade fala mais alto na Unimed Paraná

Em meio às dificuldades da pandemia, solidariedade fala mais alto na Unimed Paraná

27 Maio 2021

Embora a pandemia tenha afetado a vida de todos nós de alguma maneira, seja por conta do fechamento das escolas, do home-office ou da saudade de abraçar familiares e amigos, muitas pessoas estão sofrendo as consequências da crise de forma ainda mais intensa. Dados do Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Covid-19 mostram que a fome atingiu 19 milhões de brasileiros em 2020, o que representa um aumento de 27,6% em relação a 2018.  Além de comida na mesa, faltam também condições para enfrentar o frio com roupas adequadas.

Pensando em ajudar quem passa por essas dificuldades, a Unimed Paraná lançou em 29 de março mais uma campanha de solidariedade. A iniciativa, que também ocorreu no ano passado, foi um pedido do presidente, Paulo Faria. Para cada alimento e agasalho doado pelos colaboradores, a Unimed Paraná doou em dobro. Ao todo, foram arrecadados 820 quilos de alimentos e 1.096 peças de roupas e calçados.

“Os colaboradores ficam felizes em poder ajudar. Afinal, estamos empregados e somos privilegiados por não passarmos por esse tipo de dificuldade”, afirma Priscila do Rocio Osike, analista do Núcleo de Desenvolvimento Humano da Federação.

As instituições que receberam as doações foram a Comunidade Terapêutica Perpétuo Socorro, que acolhe pessoas com dependência química, e a Fundação Iniciativa, que protege crianças e adolescentes afastados do convívio familiar. Ambas foram indicadas pelo Instituto GRPCOM, que possui um mapeamento das necessidades do terceiro setor.

“As instituições vieram aqui na Federação buscar as doações e ficaram muito agradecidas, pois precisam demais”, contou Priscila.

Houve ainda, por parte da Federação, doações isoladas de quatro projetores e duas telas de projeção automática para a Escola Primavera, que atende pessoas com deficiência intelectual nas áreas de saúde, educação e assistência social; e de 8,2 quilos de alimentos, 52 peças de roupa, um colchão e cerca de 600 máscaras de tecido duplo para a ONG Passos da Criança, que há 16 anos gera impacto social por meio do desenvolvimento integral de crianças e adolescentes da comunidade Vila Torres, em Curitiba. A entrega dessas doações foi feita após o término da campanha de alimentos. 

Sobre as ONGs

A Comunidade Terapêutica Perpétuo Socorro busca a reinserção social e laboral de pessoas em situação de rua ou com dependência química por meio do acolhimento e do desenvolvimento de projetos e ações de responsabilidade social. A instituição também entrega comida à população de rua aos finais de semana e tem um projeto para criar uma cooperativa têxtil no local, a fim de ajudar os acolhidos a desempenharem uma atividade, aprenderem uma nova profissão e conseguirem sua própria renda. A venda da produção possibilitará também que a organização continue em funcionamento, ajudando outros necessitados.

Já a Fundação Iniciativa acolhe crianças e adolescentes vítimas de negligência ou violência. Durante a estadia na instituição, elas passam por um processo de socialização, desenvolvimento da autonomia, descoberta de talentos e reconstrução da autoestima. O aprendizado é técnico e artístico e as atividades são de incentivo à cultura, ao esporte, ao lazer e à cidadania.

Para saber mais sobre as instituições, acesse:

https://www.facebook.com/ctperpetuosocorro

https://finiciativa.org.br

https://passosdacrianca.org.br/

https://escolaprimavera.com.br/

 


Assessoria de Imprensa

Fonte: Unimed Paraná