Voltar

O parto está chegando! E agora?

O parto está chegando! E agora?

O parto está chegando! E agora?

A hora mais aguardada da gestação está chegando, e muitas dúvidas podem surgir nesse momento. Confira abaixo os principais questionamentos:

 

1) Estou nas últimas semanas de gestação e me sinto desconfortável. Se a minha gravidez estiver indo bem, é seguro pedir para agendar o meu parto, ou a cesariana, para um pouco mais cedo do que o previsto?

Não. Muitas mulheres experimentam desconforto nas últimas semanas de gravidez. Aguardar que o seu bebê complete de 39 a 42 semanas e esperar até que o trabalho de parto inicie, naturalmente, é a melhor opção para ajudar o seu bebê a prosperar. Habitualmente, o trabalho de parto ocorre espontaneamente entre 39 e 42 semanas de gestação, mas nem você e nem o seu médico podem fixar, com exatidão, data e hora.

 

2) Quais são as implicações que podem ocorrer caso eu tenha o meu bebê antes de completar 39 semanas de gestação?

O desenvolvimento crítico dos órgãos vitais do bebê, incluindo cérebro, pulmões e fígado, ocorrem nas últimas semanas de gravidez. Os cérebros dos bebês crescem cerca de um terço durante o período entre 35 e 39 semanas.

Bebês nascidos antes de 39 semanas podem apresentar:

• problemas para mamar (a capacidade de sugar e de engolir é desenvolvida durante as semanas finais da gravidez)

• mais chances de fazer icterícia (amarelão)

• propensão a obter menores notas na escola, em leitura e matemática

• maior risco de desenvolver problemas no pulmão

• maior possibilidade de necessitar de incubadora (o ganho de peso nas últimas semanas ajuda o bebê a manter a temperatura após o parto, resultando na viabilidade de permanecer junto à mãe)

 

3) Já ouvi relatos de que algumas mães passaram pelo momento do parto antes de completar as 39 semanas de gestação e, mesmo assim, os seus bebês estão muito bem! Por que eu devo esperar?

Mesmo antes desse período (39 semanas), os bebês podem nascer saudáveis. Porém, em geral, são os que entraram em trabalho de parto espontaneamente. Mas, por que correr o risco com o seu bebê? A menos que haja risco médico para os envolvidos, os médicos especialistas sabem que uma das melhores condutas adotadas pela mãe para garantir a saúde do bebê é esperar que seu corpo esteja pronto para o parto, deixando a natureza seguir o seu curso.

 

4) Estamos, eu e meu bebê, realmente prontos para o nascimento agora? Não existem exceções?

A não ser que o seu médico tenha recomendado antecipar o parto por uma razão médica, é melhor esperar, pelo menos, até a 39ª semana de gestação. O trabalho de parto induzido pode ser mais longo e mais doloroso do que o que começa naturalmente, o que aumenta a chance de ser necessária uma cesariana. Esta é uma questão tão séria que muitos hospitais começaram a criar regras para evitar que os médicos marquem uma cesariana, ou induzam o parto, sem que haja uma razão médica, mesmo que este seja o desejo da gestante.

 

Fonte: Hospital Albert Einstein e Institute for Helthcare Improvement