Voltar

1º SEMINÁRIO DE GESTÃO DE SAÚDE DO TRABALHADOR

1º SEMINÁRIO DE GESTÃO DE SAÚDE DO TRABALHADOR

Evento realizado pela ACIC com apoio da Unimed Cataguases.

1º SEMINÁRIO DE GESTÃO DE SAÚDE DO TRABALHADOR

Evento realizado pela ACIC com apoio da Unimed Cataguases.

24 Maio 2017

 

A Unimed Cataguases e a Associação Comercial e Industrial de Cataguases (ACIC) realizaram na manhã desta quarta-feira, 17 de maio, no Salão de Convenções do Bevile Hotel, o Seminário de Gestão de Saúde do Trabalhador voltado exclusivamente para empresas, que teve como foco a melhoria da produtividade e a redução dos absenteísmos e dos presenteísmos (que pode ser entendido como excesso de ausência no trabalho motivada por doença, e no segundo caso, presença no trabalho mesmo doente).
O que motivou este evento, segundo informou Ricardo Mattos, presidente da ACIC, na abertura do Seminário, é a busca por melhorar a saúde do trabalhador e o custo que ele tem para a empresa quando adoece. Nesta mesma vertente o presidente da Unimed Cataguases, médico Marcos Chaves, também se pronunciou. Ele disse que a cooperativa que dirige vem sendo chamada por empresas locais a buscar soluções no sentido de reduzir o número de sinistros entre os empregados. Ao se dedicar ao tema, continuou Marcos Chaves, "vimos que era preciso uma atuação mais encorpada e sistêmica, tanto da parte assistencial quanto da Medicina do Trabalho para atuarem juntas no sentido de darem respostas a estas empresas e é isto que estamos fazendo", explicou.
Neste sentido o seminário desta quarta-feira, abordou os tópicos "Conceito sobre gestão de saúde do trabalhador"; "Aspectos dos riscos previdenciários na gestão da saúde do trabalhador"; "Gestão integral da Saúde" e "Gestão da Saúde Corporativa Unimed Cataguases". Para tratar destes assuntos foram convidados Luiz Coelho, que está atuante no mercado de saúde desde 1996, além de ser founder e atual diretor de mercado da HS do Brasil - Aliança de Serviços em Saúde, entre outras atividades no setor. E também o médico Alexandre Veloso, que é pós-graduado em Medicina do Trabalho, medicina interna e Gestão Estratégica de RH. Além disso foi gestor de Saúde da Fiat Automóveis por mais de 23 anos.
Luiz Coelho (foto ao lado), em sua palestra deu ênfase ao papel que as operadoras de planos de saúde desempenham hoje na saúde do trabalhador, uma vez que as empresas e as grandes corporações são as maiores compradoras de serviços de saúde no mercado. Segundo ele, o papel das operadores atualmente, tem sido fundamental, uma vez que são elas que praticam uma das partes da assistência a saúde, do trabalhador, que é a assistencial. Ele também falou sobre a parceria trabalhador, empresa e operadora de plano de saúde como um tripé que funciona com gestão integral de saúde que permite cruzar os dados do usuário para um melhor atendimento da rede de saúde.
O médico Alexandre Veloso (foto ao lado) levando este conceito integrado de saúde corporativa para uma compreensão da importância da saúde do trabalhador no processo de produção e como fator de produtividade e, consequentemente, de produtividade para as empresas. Ele disse também que a realidade do país com relação a saúde do trabalhador no meio corporativo ainda é "muito fragmentada". Segundo Alexandre, "ela é vista muito como obrigação legal e a ênfase é dada em processos para cumprir lei e esquecem que ali tem uma grande oportunidade de gerenciamento da saúde para ter esse trabalhador saudável como opção de melhor disponibilidade da mão de obra", analisou. O evento terminou por volta do meio dia.

 

 

 


Helcio Fagundes