Voltar

Combate ao mosquito Aedes deve ser constante

Combate ao mosquito Aedes deve ser constante

As chuvas comuns nesta época do ano facilitam a proliferação de criadouros

Combate ao mosquito Aedes deve ser constante

As chuvas comuns nesta época do ano facilitam a proliferação de criadouros

4 Novembro 2020

Não se engane pelo tamanho. O mosquito Aedes aegypti, apesar de pequeno, é o principal responsável pelo vírus da dengue, doença que provoca inúmeros sintomas no indivíduo e pode até matar. Nesta época do ano, em que as chuvas se tornam mais frequentes, a tendência é de aumento de criadouros do mosquito e, consequentemente, de contaminação.

Neste sentido, o papel da população é fundamental no combate ao Aedes. Na Unimed Catanduva, o cuidado é constante. Recentemente, colaboradores da operadora e do Hospital Unimed São Domingos (HUSD) somaram esforços para eliminar possíveis criadouros em vários pontos das unidades.

Além disso, mensagens e vídeos de orientação e conscientização foram disparados a todos os colaboradores, somando mais de 600 pessoas alcançadas. A ação faz parte do movimento #catanduvacontraadengue, desenvolvido pela Equipe Municipal de Combate ao Aedes (Emcaa), da Prefeitura de Catanduva.

Dicas

  • Mantenha tonéis e caixas d’água bem fechados
  • Não deixe acumular água em calhas e lajes
  • Encha os pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda
  • Feche bem os sacos de lixo e não os deixe ao alcance de animais
  • Mantenha garrafas e outros recipientes que podem acumular água virados para baixo
  • Não acondicione pneus em locais descobertos
  • Faça manutenção regular nas piscinas
  • Se utilizar lonas para cobrir algo, certifique-se de ficarem bem esticadas para não acumular água
  • Lave e esfregue os potes de água dos animais de estimação
  • Limpe a bandeja do ar-condicionado para evitar o acúmulo de água
  • Mantenha ralos limpos e tampados, ou com tela
  • Verifique e mantenha fechados vasos sanitários pouco usados ou sem uso

Conteúdo produzido pela equipe de Comunicação e Marketing da Unimed do Brasil

Fonte: Ministério da Saúde, Ministério do Meio Ambiente, Agência Nacional de Saúde e Fundação Oswaldo Cruz


Fonte: Patrícia Santos | Unimed Catanduva