Voltar

HUSD recebe palestras da Aviva sobre prevenção ao suicídio

HUSD recebe palestras da Aviva sobre prevenção ao suicídio

Encontro destacou a campanha com o tema “Falar é preciso”

HUSD recebe palestras da Aviva sobre prevenção ao suicídio

Encontro destacou a campanha com o tema “Falar é preciso”

28 Setembro 2021


 

Colaboradores do Hospital Unimed São Domingos (HUSD) participaram, nos dias 16 e 17 de setembro, de palestras de conscientização e prevenção ao suicídio e o posvenção (cuidado prestado aos sobreviventes). O tema “Falar é preciso” foi abordado pelas psicólogas convidadas da Associação para Valorização da Vida (Aviva), Ivete Casseverini e Jéssica Mayra Zecchi. 

De acordo com Ivete, que é psicóloga e presidente da Aviva, pesquisas apontam que pessoas da mesma família, com dificuldade de lidar com o luto, tendem a cometer suicídio num prazo de dois a cinco anos. “No hospital, abordamos a questão de prevenção e posvenção porque o cuidado com a família enlutada pelo suicídio também é um trabalho preventivo”.

Jéssica ressalta a importância de reunir pessoas para falar sobre o assunto, ocasião oportuna para se quebrar tabus. “É uma oportunidade incrível levar esse tipo de informação, de conscientização. Diferente do que as pessoas pensam, falar sobre o assunto é a melhor maneira de prevenir. Ter a oportunidade de falar sobre isso para profissionais que atuam direta e indiretamente na área da saúde é maravilhoso”, disse. 

As psicólogas também trabalharam com os colaboradores a questão de cuidados com a mente e o corpo. “Vivemos um momento em que a demanda é muito alta, com exigências difíceis e até desumanas. Mas, é necessário admitir o momento de fragilidade e buscar ajuda quando necessário.  Não há nada errado em pedir ajuda, isso não é fraqueza”, disse Ivete. 

Analista de Gestão de Pessoas da Unimed Catanduva, Edson Mancini Júnior sinalizou que as palestras tiveram impacto positivo. “Foram bastante proveitosas, com compartilhamento de novas informações e abordagem sobre o equilíbrio emocional. Inclusive, despertou o interesse de colaboradores em se tornarem voluntários da associação”, ressaltou.
 
ASSOCIAÇÃO 
A Associação para Valorização da Vida é mantenedora do programa Centro de Valorização à Vida (CVV), de apoio emocional e prevenção ao suicídio. O objetivo do CVV é oferecer um canal para a pessoa que esteja vivendo uma experiência emocional negativa ou passando por uma dor psíquica e que não queira conversar com conhecidos, seja por medo de julgamento ou por não se sentir acolhida. O pronto-socorro emocional tem atendimento 24 horas pelo telefone 188, ligação gratuita, ou pelo chat no www.cvv.org.br. 

Em Catanduva, a Aviva terá um Posto de Atendimento do CVV na rua Paraíba, 11 (atrás do SAMU). Para estruturação, a associação está buscando pessoas com idade mínima de 18 anos para iniciar o processo de seleção de voluntários. “No final, veremos quem está apto para se tornar voluntário, pois nem todos têm condições emocionais para o atendimento. Mas, precisaremos também de voluntários para nos ajudar na captação de recursos”, informou Ivete. 


Patrícia Santos

Fonte: Unimed Catanduva