Voltar

Janeiro Branco: mente sã, corpo são

Janeiro Branco: mente sã, corpo são

Profissionais destacam a importância de ações que promovam a saúde mental

Janeiro Branco: mente sã, corpo são

Profissionais destacam a importância de ações que promovam a saúde mental

15 Janeiro 2020

 

Quem cuida da mente, cuida da vida. Com este lema, o movimento Janeiro Branco busca conscientizar a sociedade para a importância de discutir e promover ações sobre saúde mental, combatendo o adoecimento emocional e também a saúde física das pessoas. 

Cooperado da Unimed Catanduva, o psiquiatra Paulo Ramiro Madeira destaca a importância de falar sobre o assunto. “É importante que o médico, independentemente da especialidade, comente e leve em conta a personalidade do paciente e as possíveis patologias psiquiátricas, pois elas podem estar envolvidas na etiologia, curso e evolução das patologias médicas ou cirúrgicas”. 

No primeiro semestre de 2019, o especialista atendeu, em média, a 880 pacientes com queixas relacionadas à saúde mental. De acordo com Madeira, dentre as principais doenças relacionadas estão a depressão e transtornos de ansiedade.  

Para um melhor equilíbrio da saúde mental e emocional, Madeira recomenda uma alimentação saudável, tendo como referência a dieta do Mediterrâneo, que prioriza o consumo de alimentos frescos e naturais, além de atividades de lazer e psicoterapia. Durante o tratamento, o paciente pode fazer uso de farmacológicos e psicoterápico.

Psicóloga do Atendimento Lar Unimed (Almed), Amanda Wolff Fernandes reforça que a psicoterapia é uma forma de se prevenir. “É importante que as pessoas adquiram autoconhecimento. Quanto mais nos conhecemos, mais fácil lidamos com situações adversas em nossa vida. Trata-se de uma prevenção”. 

Campanha

Uma campanha dedicada a convidar as pessoas a pensarem sobre suas vidas, o sentido e o propósito de viver, a qualidade dos seus relacionamentos e o quanto elas conhecem sobre si mesmas, suas emoções, seus pensamentos e sobre os seus comportamentos.
Fonte: Janeiro Branco / Saúde Mental  


Fonte: Patrícia Santos / Unimed Catanduva