Voltar

Unimed Catanduva destaca a importância da responsabilidade social

Unimed Catanduva destaca a importância da responsabilidade social

Desde 2014, cooperativa apoia Avoiam ininterruptamente

Unimed Catanduva destaca a importância da responsabilidade social

Desde 2014, cooperativa apoia Avoiam ininterruptamente

22 Fevereiro 2021

 

Estar ou ficar doente é algo que ninguém deseja ou espera. Quando é necessário se deslocar de sua cidade de origem, custear uma estadia deixa a situação ainda mais complicada. Ciente disso, e imbuída no compromisso com a comunidade, a Unimed Catanduva se tornou, em 2014, uma das apoiadoras da Associação de Voluntários Irmã Ana Maria – Avoiam. A associação sem fins lucrativos é responsável pela Casa de Apoio de Barretos que acolhe acompanhantes e pacientes de todo o país.

 

Mesmo em ano atípico, com o período da pandemia, a cooperativa não interrompeu a ajuda à associação. O apoio fortalece o empenho da operadora em busca de atuar e fazer a diferença junto à comunidade, conforme preconiza o sétimo princípio do cooperativismo, que é o “Interesse pela Comunidade”. “A Avoiam é uma instituição séria, que realiza um trabalho honroso, ajudando muitas pessoas nos momentos mais difíceis, por isso mantemos o compromisso de ajudá-la”, destaca o presidente da cooperativa, o oftalmologista José Renato Pizarro.

 

“Essa parceria com a Avoiam foi e está sendo muito importante. Se não fosse a Unimed, não teríamos como manter nossa casa em funcionamento até hoje. Agradeço muito a Deus e à Unimed que nos patrocina e nos ajuda a ajudar tantas pessoas que nos procuram para atendimento”, disse a Irmã Ana Maria Custódio.

 

A casa oferece estadia às pessoas em tratamento no Hospital de Amor e seus acompanhantes. O imóvel tem capacidade de hospedar até 17 pessoas divididas em quatro quartos de amplo espaço. O imóvel ainda conta com sala para atendimento e para deveres, a sala “Cantinho de Deus”, “Cantinho da Criança”, biblioteca, dois banheiros, uma área de bate-papo após refeições e uma área de serviços com refeitório. Os hóspedes da casa têm direito a banho, alimentação, descanso, apoio psicológico e espiritual.

 

A motorista de transporte escolar Rosângela Brito Martinez fez, em 2015, a retirada de um menigioma grau I intracraniano e, enquanto esteve hospitalizada, o marido, Marcelo Antônio Martinez, foi acolhido na Casa de Apoio. “A gente não conhecia a casa e soubemos pelo hospital. Não tínhamos condições financeiras para alugar um quarto de hotel. O nome da casa realmente faz jus. Enquanto fiquei no hospital, meu marido foi muito bem recebido, com total solidariedade”, relembrou Rosângela.

 

Rosângela mora em Catanduva e segue em tratamento. Ela explica que, como depende de transporte da Saúde e precisa aguardar por longas horas outros pacientes, em toda consulta de acompanhamento ao Hospital do Amor é acolhida pela Casa de Apoio até o retorno para casa.  “A Casa serve para quem precisa de verdade. Muitas das pessoas às vezes não têm ideia do quão é importante este trabalho voluntário que eles fazem. Quero deixar um agradecimento a Irmã que nos apoiou, nos incentivou. Ela é especial”.

 

 

SAIBA MAIS

 

A Casa de Apoio de Barretos foi fundada em 4 de abril de 2014. Está localizada na avenida Dr°. José Eberle Martins, 1.190, no Jardim Soares. Tem por missão acolher os acompanhantes e pacientes oferecendo proteção integral a todos. Nestes quase sete anos, a Casa já atendeu mais de 22 mil pessoas, entre hóspedes, acompanhantes, pacientes, voluntários, visitantes e motoristas de ambulância. Para mais informações, a associação pode ser contatada pelo telefone (17) 981160639.


Fonte: Patrícia Santos | Unimed Catanduva