Voltar

Unimed Catanduva inicia campanha de incentivo à doação de sangue junto aos colaboradores

Unimed Catanduva inicia campanha de incentivo à doação de sangue junto aos colaboradores

Campanha tem o lema: "Eu dou o sangue pela Saúde"

Unimed Catanduva inicia campanha de incentivo à doação de sangue junto aos colaboradores

Campanha tem o lema: "Eu dou o sangue pela Saúde"

16 Junho 2020

No último domingo, 14, foi comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue. A data não poderia vir em melhor hora. Em razão do enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, muitos voluntários deixaram de fazer sua doação, o que ocasionou uma queda no estoque de banco de sangue nos hemocentros em todo o País. 

Em razão desta situação, a Unimed Catanduva iniciou a campanha “Eu dou o sangue pela saúde” junto aos colaboradores da Sede Administrativa e Hospital Unimed São Domingos (HUSD). O objetivo é incentivar a doação de sangue e contribuir para o estoque do Hemonúcleo local. A campanha se encerra no dia 4 de julho, data em que se comemora o Dia do Cooperativismo. 

“A intenção é incentivar a cooperação entre as pessoas. Doar sangue é comprovadamente um gesto de amor e solidariedade com o próximo. Uma pessoa pode salvar até quatro vidas. Num momento como este precisamos contar com a colaboração de todos”, disse o diretor de Desenvolvimento da Unimed Catanduva, o anestesiologista Matheus Schuerewegen.

A biomédica Jéssica Simiel, destacou a importância da ação. “É fundamental fazer esta abordagem junto ao público, sanar dúvidas, esclarecer mitos e incentivar a doação de sangue”.

Em Catanduva, a situação do Hemonúcleo preocupa. Nos meses de frio, é comum a queda no número de doadores voluntários. Em razão da pandemia, a procura reduziu ainda mais. “Por enquanto, ainda conseguimos atender a demanda de pedidos de transfusão. Mas, ainda assim é preocupante”, explicou a encarregada Marceli Mambelli.

Importante ressaltar que a máscara é item obrigatório no dia da doação, fundamental para a segurança do voluntário e dos profissionais que atuam no Hemonúcleo. Além disso, o agendamento é feito para, no máximo, 15 pessoas, a fim de evitar aglomerações.

“Para doar sangue, não precisa estar em jejum. Pelo contrário, é importante estar bem nutrido, evitando alimentos gordurosos no dia anterior. O doador precisa ter entre 18 e 69 anos, ter mais de 50 quilos e estar bem fisicamente. Caso apresente algum sintoma gripal, é recomendado evitar a doação”, ressaltou Marceli.

O agendamento pode ser feito de quarta-feira a domingo, das 7 às 13 horas. Na data combinada, o doador deve apresentar documento com foto. O Hemonúcleo está localizado na rua 13 de maio, 974, no Centro em Catanduva. Mais informações pelo telefone (17) 3522-7722.

 

 

 


Fonte: Helen Ventura / Unimed Catanduva