Voltar

Alimentação orgânica

Alimentação orgânica

Consumir alimentos orgânicos vai além de ingerir legumes, frutas e verduras sem agrotóxicos. Carnes e ovos também podem se enquadrar nessa categoria. Entenda!

Alimentação orgânica

25 Maio 2018

 

 

São classificados como orgânicos os alimentos produzidos sem a utilização de agrotóxicos, adubos químicos ou substâncias sintéticas que agridam o meio ambiente. Além disso, o processo de produção contempla o uso responsável do solo, da água, do ar e dos demais recursos naturais, respeitando aspectos ambientais, sociais, culturais e econômicos, garantindo um sistema agropecuário sustentável.

Além de mais saborosos e saudáveis, os alimentos orgânicos têm maior valor nutricional. Os produtos devem ser livres de contaminação por medicamentos veterinários, transgênicos e tudo o que possa colocar em risco a saúde das pessoas, dos animais e do meio ambiente. Dessa maneira, um alimento orgânico pode ser consumido integralmente, ou seja, sem desperdício de casca, talos ou folhas. 

No Brasil, o cultivo e a comercialização desses produtos são regulamentados. Sendo assim, os produtos orgânicos encontrados em supermercados devem conter o selo de certificação do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (SisOrg).

 

Carnes e ovos orgânicos

 

Os alimentos orgânicos não se resumem apenas às frutas, legumes e verduras. Carnes e ovos também entram nessa categoria. Para isso, os animais dos rebanhos e das granjas não devem sofrer com estresse, devem ser criados sem hormônios e anabolizantes, medicados, principalmente, com medicamentos fitoterápicos e homeopáticos e alimentados com pastos isentos de agrotóxicos. Dessa forma, a proteína animal chega ao consumidor de maneira mais natural possível, mais segura e saudável.

 

 

 

DICAS!

 

1. Procure feiras de produtos orgânicos ou agroecológicos na sua região. No site www.feirasorganicas.org.br, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), é possível fazer uma busca nacional e visualizar no mapa o local e horário das feiras.  

2. Crie uma horta em casa para o cultivo de alguns alimentos como ervas, legumes e verduras.

3. Participe da organização de hortas comunitárias para promover a produção de alimentos orgânicos.

4. Opte por alimentos de safra, pois eles são produzidos com menor quantidade de substâncias agroquímicas.

5. Lave bem os alimentos antes de consumi-los, mesmo aqueles que forem consumidos sem casca.

 

Leia também: Horta caseira

 

 
Utilizar alimentos orgânicos é uma das muitas maneiras que você pode colaborar para o bem-estar do meio ambiente. Desejar aprender outros meios para preservá-lo? Clique e descubra neste artigo!

Texto: Jailde Barreto / Design: Carolina Moura - Alex Mendes

Fonte: Ministério da Saúde, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Guia Alimentar para a População Brasileira e WWF-Brasil.

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.


Média (1 Votar)
Avaliar:

COMPARTILHAR:


Cadastre-se para receber novidades e notícias

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.

 

Uma publicação compartilhada por Unimed (@unimedbr) em