Voltar

Unimed Botucatu realiza campanhas solidárias durante a pandemia

Unimed Botucatu realiza campanhas solidárias durante a pandemia

As parcerias e os programas sociais foram mantidos

Unimed Botucatu realiza campanhas solidárias durante a pandemia

As parcerias e os programas sociais foram mantidos

17 Setembro 2020

A Unimed Botucatu está sempre atenta à comunidade onde está inserida. Durante a pandemia, a atitude da Singular não foi diferente. Todos os programas sociais em andamento foram mantidos, bem como as parcerias preestabelecidas para ações em prol de vários segmentos menos favorecidos. Além disso, a Unimed fez a doação de 34 cestas básicas (de maio a agosto 2020) a entidades que cuidam de famílias carentes no município.

A AMU (Associação Mulher Unimed) Botucatu também manteve suas atividades e parcerias, e em julho comandou uma campanha para arrecadação de produtos de higiene pessoal. As cooperativas Uniodonto Botucatu e Credicoonai Botucatu foram parceiras nessa empreitada que arrecadou mais de 1.200 itens.

Solange Biral, gerente do Credicoonai Botucatu, e as integrantes da AMUB, Tainara Colishi e Thais Furlan, na entrega dos produtos de higiene pessoal à Catedral Metropolitana. Foto: Divulgação/Unimed Botucatu

Papel higiênico, sabonete, pasta e escova de dentes, entre outros produtos, foram doados à Catedral Metropolitana, que já faz um trabalho com famílias que necessitam de auxílio e para outras entidades de apoio social.

Ainda para atender as necessidades mais prementes durante a pandemia, a AMUB doou um termômetro digital para a Fundação Casa das Meninas “Amando de Barros”, centenária na cidade e parceira da Unimed Botucatu em projeto social para adolescentes há mais de uma década.

A entidade se prepara para o retorno das atividades presenciais e, além do termômetro, recebeu da equipe Viver Bem Unimed Botucatu orientações sobre higiene durante a pandemia.

Viver Bem, AMU Botucatu e Casa das Meninas "Amando de Barros" , nos preparativos para o retorno às atividades presenciais. Foto: Divulgação/Unimed Botucatu


Solange Serafim

Fonte: Unimed Botucatu