Voltar

Unimed Lençóis Paulista disponibiliza serviço de teleorientação

Unimed Lençóis Paulista disponibiliza serviço de teleorientação

Um médico esclarecerá dúvidas sobre sintomas da Covid-19 por WhatsApp

Unimed Lençóis Paulista disponibiliza serviço de teleorientação

Um médico esclarecerá dúvidas sobre sintomas da Covid-19 por WhatsApp

15 Abril 2020

A Unimed Lençóis Paulista segue adotando medidas para o enfrentamento da Covid-19. A teleorientação é mais um passo para atender aos beneficiários que estão com dúvidas ou apresentam sintomas da doença. Através do WhatsApp é possível, de segunda a sexta-feira, das 15h às 18h, falar com um médico e sanar as dúvidas sobre a doença.

“O novo coronavírus tem exigido novas medidas e adaptações por parte da população, empresas e cooperativas. Na Unimed não é diferente. Adotamos diversas medidas para evitar a disseminação do vírus. O serviço de teleorientação é mais uma dessas medidas”, diz o médico Francisco Antonio Grillo, presidente da Unimed Lençóis Paulista.

O serviço de teleorientação foi criado para evitar aglomerações ou movimentação de pessoas sem necessidade. “Uma das melhores formas de combater a disseminação é evitar a aglomeração de pessoas, principalmente aquelas do grupo de risco. O serviço de teleorientação vem ao encontro dessa ideia, de evitar que as pessoas saiam de suas casas e se aglomerem nas clínicas e no Centro Médico Unimed”, afirma o Dr. Bruno Orsi Medola, diretor da Unimed e presidente da Comissão de Enfrentamento ao coronavírus.

 

Serviço

A teleorientação é oferecida gratuitamente aos beneficiários da Unimed Lençóis Paulista pelo WhatsApp ((14) 99880-8924), de segunda a sexta-feira, das 15h às 18h.

 

Outras ações adotadas pela Unimed

Além do serviço de teleorientação, a Unimed Lençóis Paulista implantou diversas medidas para combate ao coronavírus.

A primeira delas foi a criação da Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus, formada pelos médicos Bruno Orsi Medola e Alexandre Parenti Ribeiro, a enfermeira Monique Juliana de Souza e a colaboradora Joyce Araújo da Silva Angélico. Essa comissão se reúne todos os dias para discutir o avanço da doença e os resultados obtidos com as medidas adotadas.

A entrada do Centro Médico Unimed (CMU) foi dividida em duas partes. Uma exclusiva para paciente com sintomas gripais e outra para os demais sintomas. Tal medida visa impedir que pacientes com sintomas distintos dividam o mesmo espaço e possivelmente aconteça a transmissão da doença.

Pensando nas crianças, foram impressos milhares de cartilhas que, de forma lúdica, explicam o que é, como se transmite e medidas para evitar o coronavírus.

Também foi estabelecido um contato constante com as empresas parceiras da Unimed para o envio de informações sobre o vírus.


Flávio Rocha

Fonte: Unimed Lençóis Paulista