Voltar

Cuidados com a hipertensão arterial

Cuidados com a hipertensão arterial

Cuidados com a hipertensão arterial

2 Maio 2017

    O Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial foi comemorado no dia 26 de abril. No Brasil, estima-se que existam mais de 30 milhões de hipertensos, ou seja, com pressão arterial acima de 120 x 80 mm Hg, mas apenas 10% desta população faz o controle adequado da doença, segundo o Ministério da Saúde.

 

A DOENÇA
    Popularmente conhecida como pressão alta, a hipertensão arterial sistêmica é uma doença crônica caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. De acordo com o Ministério da Saúde, a pressão alterada faz com que o coração exerça um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente pelo corpo.
    A hipertensão ocorre em crianças e adultos de qualquer idade, e é considerada uma doença silenciosa já que, muitas vezes, seus sintomas são confundidos com desconfortos corriqueiros, sendo as manifestações mais comuns a dor de cabeça, cansaço e/ou tonturas. Além disso, é um dos principais fatores de risco para a ocorrência de problemas como acidente vascular cerebral, aneurisma arterial, infarto e insuficiência renal e cardíaca. Por isso, é de grande importância aferir sua pressão arterial com regularidade, principalmente se tiver parentes com hipertensão.

 

PRINCIPAL CAUSA
    O alto consumo do sal, acima de 5g/dia, seja o visível ou o embutido nos alimentos industrializa-dos, é a principal causa da doença. A média de consumo em nosso país chega a ser entre 12 a 15g/dia. 76% desse sal está contido nos alimentos processados e industrializados. O consumo de sal muitas vezes não é percebido pois ele fica ‘‘escondido’’ nos alimentos, e acabamos não sabendo o quanto consumimos diariamente.

 

 

Fontes: G1, Ministério da Saúde, Sociedade Brasileira de Cardiologia, Sociedade Brasileira de Hipertensão


Setor de Comunicação e Marketing